Claro anuncia primeiras cidades com 4G

Buscar

Marketing

Publicidade

Claro anuncia primeiras cidades com 4G

Campos do Jordão, Buzios e Paraty serão as primeiras a experimentar tecnologia na qual serão investidos R$ 6,3 bi até 2014


22 de agosto de 2012 - 5h03

A operadora Claro é a segunda empresa a explorar a tecnologia 4G no Brasil e a primeira a fazê-lo entre as operadoras de telefonia celular. Nesta quarta-feira, 22, a empresa anunciou o início de suas operações 4G, em caráter experimental, nas cidade de Campos do Jordão (SP), Búzios e Paraty (ambas no Rio de Janeiro). “Queremos que nossos clientes tenham acesso ao 4G em primeira-mão, para testar os serviços como streaming de vídeo, videochats entre cidades e outras facilidades que uma rede de alta velocidade pode oferecer”, declarou o presidente da Claro, Carlos Zenteno.

Em comunicado, a empresa afirmou que “nestas três cidades, os clientes poderão testar a velocidade e a alta definição da conexão 4G” e que “com estas interações e contribuições, a Claro pretende refinar a sua solução de internet para oferecer a melhor tecnologia ao País”.

A empresa deseja, até abril de 2013, ampliar o serviço para as cidades-sede da Copa das Confederações: Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador. Depois delas, a meta é, até o fim do ano, estender o serviço para cidades que serão sede da Copa do Mundo de 2014, como Cuiabá, Manaus, Natal, Porto Alegre e São Paulo e que até 2017 todos os municípios com mais de 30 mil habitantes também tenham o 4G.

A nova banda 4G, com 40 MHz tem o dobro de capacidade e permitirá aos clientes atingir velocidade nominal de até 100 Mbps, para assistir em streaming filmes, séries, desenhos e documentários, sem a necessidade de fazer download para o celular ou tablet e com a mesma qualidade da TV. Também será possível fazer videochat com a interação de várias pessoas ao mesmo tempo, imagem com alta definição e baixar arquivos, como música e filmes.

Para oferecer os serviços, a Claro estabeleceu parcerias com Ericsson (infraestrutura), Huawei (modem) e Motorola (smartphones). O modelo adotado é universal – LTE (Long Term Evolution), atualmente adotado em 50 países, sendo que a expectativa é que até 2017 tenha 600 milhões de assinantes.

Investimentos

A companhia afirma que para preparar sua infraestrutura tornando-a apta à transmissão em alta velocidade investirá R$ 3,5 bilhões até o fim deste ano. Outros R$ 2,8 bilhões serão investidos até 2014. No total de R$ 6,3 bilhões, garante a Claro, também estarão incluídas melhorias na Central de Atendimento ao Cliente. Vale lembrar que a empresa foi uma das punidas recentemente pela Anatel com a proibição de vendas de chips, pela baixa qualidade da prestação de serviços em algumas regiões. Daí, claro, os esforços também para melhorar seu SAC.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”