O primeiro capitulo da Amazon no Brasil

Buscar

Marketing

Publicidade

O primeiro capitulo da Amazon no Brasil

Varejista americana pode estar negociando a compra da Saraiva para consolidar o lançamento da sua operação de e-commerce no País


18 de outubro de 2012 - 9h10

A chegada da Amazon ao Brasil continua cercada de boatos. O mais recente, segundo a Bloomberg, levanta a possibilidade da maior varejista online do mundo estar negociando a compra da Saraiva, rede com mais de 90 livrarias e que no próximo ano completa cem anos de fundação. O negócio poderia garantir à Amazon a infraestrutura necessária para consolidar a sua presença por aqui. Nenhuma das marcas envolvidas comentaram o assunto.

A Amazon começou a atuar no Brasil em dezembro de 2011 por meio da Amazon Web Services (AWS), divisão da companhia responsável pelos serviços de armazenagem por computação em nuvem voltados para o público corporativo. Gol, o portal R7 e o site de compras coletivas Peixe Urbano estão entre os clientes que já usufruem dos 30 serviços inicialmente ofertados pela AWS no País. Mas a expectativa é mesmo pela estreia da operação de e-commerce da marca norte-americana, que já chegou inclusive a consultar algumas empresas brasileiras especializadas em pagamentos eletrônicos para entender como funciona os trâmites das compras feitas pela internet no Brasil.

Concorrência investe em e-books
O iminente desembarque da Amazon na web brasileira já provocou movimentações também na concorrência. A Livraria Cultura, por exemplo, acaba de se unir à canadense Kobo, fabricante de e-readers pertencente à Rakuten, a maior operadora de shopping centers on-line do Japão, para o lançamento de um catálogo de e-books com mais de três milhões de títulos.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”