C&A quer voltar ao e-commerce

Buscar

Marketing

Publicidade

C&A quer voltar ao e-commerce

Multinacional holandesa quer fazer frente no mundo digital a concorrentes como Renner, Marisa e Hering


10 de fevereiro de 2014 - 11h01

Depois de tentar realizar vendas pelo comércio eletrônico, iniciativa que aconteceu há 12 anos sem muito sucesso, a C&A tem planos de relançar o serviço em 2014. A informação foi dada ao jornal Valor Econômico por Paulo Correa, vice-presidente comercial da companhia.

A medida seria uma reação a movimentos de concorrentes como lojas Renner, Marisa e Hering, presentes no e-commerce. Com quantidade de vendas ainda pequenas em relação às lojas físicas, mas que têm crescido, conforme as barreiras culturais dos consumidores pela compra online desse tipo de produto vão sendo derrubadas.

Este ano, a C&A pretende, segundo o executivo, abrir entre 20 e 30 novas lojas, nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro e na região Nordeste. Hoje, a rede já possui 261 lojas.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”