MercadoLivre cria seção para lojas oficiais

Buscar

Marketing

Publicidade

MercadoLivre cria seção para lojas oficiais

Nova área do marketplace do site inclui páginas personalizadas com destaque para ofertas


19 de fevereiro de 2014 - 8h30

O MercadoLivre decidiu inaugurar uma área voltada para varejistas e marcas em seu marketplace. A seção Lojas Oficiais apresenta páginas personalizadas com destaque para ofertas de 17 marcas, a maioria delas de moda.

São elas Shoestock, Olook, Marcyn, Clóvis Calçados, Ella Store, Kanui, Catmania, Ballerini, Aesportiva, Akaloko, Grupo Pedala, Calçado On Line, Sport Tennis, Beleza na Web, Paulo Cesar Enxovais, Drill e Net Clock.

A plataforma tecnológica para integrar o MercadoLivre mais facilmente a outras lojas online foi criada em 2012. Segundo a empresa, em média, após 3 meses, uma loja que se integra ao marketplace passa a ter cerca de 5% de seu faturamento gerado pelas vendas no portal.

De acordo com Leandro Soares, diretor do marketplace MercadoLivre, as marcas presentes no espaço chamam mais usuários para a plataforma e aumentam o tráfego. “Em pouco tempo teremos também lojas nesta seção relacionadas a outras categorias, como acessórios para veículos e eletrônicos”, diz.

As vendas de produtos de moda, incluídos na categoria calçados, roupas e bolsas, tiveram crescimento de 40% no terceiro trimestre de 2013, comparado com o mesmo período de 2012, de acordo com a empresa. No ranking anual das categorias mais vendidas do MercadoLivre, o segmento de moda passou do nono lugar, em 2011, para o quinto, em 2013.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”