Claro tem novo CEO

Buscar

Marketing

Publicidade

Claro tem novo CEO

O executivo foi CEO da Vivo até 2015 e ocupará o cargo que era acumulado interinamente por José Félix, presidente do Grupo América Móvil

Sergio Damasceno Silva
4 de abril de 2017 - 11h55

Paulo Cezar Teixeira, presidente da unidade mercado individual Telefonica/Vivo

Paulo Cezar Teixeira, que foi CEO da Vivo/Telefônica, agora assume o comando da Claro – Crédito: Arthur Nobre

Paulo Cesar Pereira Teixeira é o novo CEO da Claro. A operadora formalizou o executivo no cargo que, até então, era ocupado interinamente por José Félix, presidente do Grupo América Móvil Brasil (controladora da Claro, Net e Embratel).

Félix era o presidente interino da Claro desde que o último CEO, Carlos Zenteno, foi para a Claro Colômbia. A unidade mercado pessoal, ou Claro, é uma das três divisões do Grupo América Móvil no Brasil. As outras duas são a unidade de mercados corporativos (ou Embratel), comandada por José Formoso, e mercado residencial fixo (ou Net Serviços), liderada por Daniel Barros.

Texeira foi CEO da Vivo até 2015 e, após a saída daquela operadora, entrou em período de non-compete contratual por dois anos pelos quais tinha o compromisso de não trabalhar em outra companhia do setor. O executivo é formado em engenharia elétrica pela Universidade Católica do Rio Grande do Sul, com cursos de especialização em gestão pelo IESE em Barcelona, na Espanha, e telecomunicações pela École Nationale Supérieure des Télécommunications de Paris, França.

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • José Félix

  • Paulo Cesar Teixeira

  • Carlos Zenteno

  • José Formoso

  • Daniel Barros

  • vivo

  • Claro

  • net

  • Embratel

  • América Móvil

  • Telefonica

  • mobile

  • celular

  • telefonia

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”