Marcas reinventadas na 4º temporada de Tá No Ar

Buscar
Publicidade

Marketing

Marcas reinventadas na 4º temporada de Tá No Ar

Programa encerrou mais um período nesta terça-feira, 11, e já parodiou dezenas de empresas entre Seara, Google, Ruffles, Epson e outras

  • Yoki virou Yoko Ono

    Crédito: Reprodução

  • Epson ganhou sua versão Xaviepson

    Crédito: Reprodução

  • A Wikipédia ganhou uma versão impressa

    Crédito: Reprodução

  • Havaianas foi canonizada como Vaticanas

    Crédito: Reprodução

  • A Ruffles agora é Shuffles

    Crédito: Reprodução

  • Seara virou Saara

    Crédito: Reprodução

  • Ricardo Eletro transformou-se em Ricardo Ereto

    Crédito: Reprodução

  • Para os fiéis, Playstation tornou-se Praystation

    Crédito: Reprodução

  • Também para quem tem fé, Polishop é Poligod

    Crédito: Reprodução

  • Para crianças travessas, a Piraquê ganhou o sabor Piraruquê

    Crédito: Reprodução

  • A internet inspirou a criação do Nissin Emoji

    Crédito: Reprodução

  • Para políticos corruptos o enxaguante MoralB

    Crédito: Reprodução

  • Monange ganhou sua versão Ménage

    Crédito: Reprodução

  • O ovo de páscoa Kinder virou Kynderovsky

    Crédito: Reprodução

  • O iPhone é o Isaac

    Crédito: Reprodução

  • A Heineken ganhou sua versão Hanukah

    Crédito: Reprodução

  • Em uma mesma paródia, o Google e o Gugu viram Gugugle

    Crédito: Reprodução

  • Em sua versão vegetariana, Fogo de Chão é o Fogo de Shiva

    Crédito: Reprodução

  • O Castelo de Caras virou Casas Caras

    Crédito: Reprodução

  • Banco do Brasil vira Branco no Brasil

    Crédito: Reprodução

  • E Doritos ganhou um novo sabor, o Arzitos

    Crédito: Reprodução

Slideshow


12 de abril de 2017 - 10h03

Foi ao ar na noite desta terça-feira, 11, o último episódio da quarta temporada do programa Tá No Ar. Durante essa edição, mais de dez marcas ganharam novas versões. No humor do programa, Seara vira Saara, Epson vira Xaviepson e muitas outras marcas ganharam novos nomes.

Em edições anteriores, Club Social virou Club Socialista; Mercado Livre, Mercado Livre-se; Decolar.com, Descolar.com; Vigor Grego, Gregos e Troianos. Em entrevista ao Meio & Mensagem, no ano passado, Marcelo Adnet, um dos humoristas do programa afirmou que existe cuidado em relação ao tratamento dado as empresas. “Jamais ofenderemos uma marca. É sempre uma brincadeira com um trocadilho, tipo de comercial ou linguagem visual. Mas nunca denegrimos”, diz Adnet.

No último programa da temporada o tema foi anos 70 e alguns comerciais também ganharam suas versões. A linguagem dos comerciais da Nextel foi utilizada para anunciar o Orelhão:

orelhão

 

 

Publicidade

Compartilhe

Veja também