JHSF investe no conceito de loja phygital

Buscar

Marketing

Publicidade

JHSF investe no conceito de loja phygital

Empresa lança primeira unidade do modelo no CJ Shops Jardins com mais 70 mil produtos, mesclando experiência online e off-line

Taís Farias
10 de dezembro de 2020 - 10h34

Com a proposta de ser instagramável, o projeto arquitetônico da loja é assinado por Bergamin e Murilo Lomas (Crédito: Divulgação)

Phygital é o termo usado para definir a união entre o mundo físico e digital, oferecendo uma experiência híbrida para o consumidor. É esse conceito que apoia o lançamento da CJ Fashion Store, do grupo JHSF. A unidade promete uma vivência inédita de compras, com uma seleção de mais de 400 marcas e 70 mil itens do marketplace cjfashion.com. A loja está localizada no CJ Shops Jardins, empreendimento mais recente da companhia que fica na rua Haddock Lobo, em São Paulo.

Além dos tradicionais produtos dispostos em vitrines e prateleiras, a loja conta com telas interativas onde é possível explorar conteúdo multimídia. Os provadores, por exemplo, contam com um espelho virtual onde é possível montar um carrinho de compras, trocar tamanho, cor ou efetivar a compra via QR Code.

“A loja é um grande guide shop onde o cliente pode experimentar, física ou virtualmente, os produtos, fechar sua compra também fisicamente ou online, e receber os produtos em casa”, resume Thiago Alonso de Oliveira, CEO da JHSF. A unidade também dispõe de uma mesa interativa em 3D, onde é possível conhecer novos produtos e explorar conteúdos relacionados às peças.

A unidade oferecerá produtos de moda, beleza, joias e decoração com marcas como Ana Rocha & Appolinario, Sisley Paris, Giorgio Armani, Cruise e Mariana Penteado. Com a proposta de ser instagramável, o projeto arquitetônico da loja é assinado por Bergamin e Murilo Lomas. Já a identidade visual foi criada pelo diretor de arte e cineasta Ricardo van Steen. O projeto conta com uma ala de peças vintage com curadoria da Take Me.

Segundo o CEO da JHSF, a partir do desempenho da loja, a empresa poderá abrir outras unidades phygital em shoppings operados pela companhia. “Pretendemos com a CJ Fashion Store oferecer aos nossos clientes a melhor e mais prática experiência de compra, antecipando as principais tendências do varejo mundial”, projeta Thiago.

*Crédito da foto no topo: Eugenesergeev/iStock

Publicidade

Compartilhe