Fábio Barbosa: otimista com País e revistas

Buscar

Mídia

Publicidade

Fábio Barbosa: otimista com País e revistas

Para novo presidente executivo da Abril S/A, novas tecnologias são oportunidades para o segmento

Edianez Parente
26 de outubro de 2011 - 1h24

Exatamente 30 dias após ingressar na Abril S/A, onde ocupa a presidência executiva, Fabio Barbosa, ex-Santander, fez sua estreia em evento do mercado em café da manhã nesta quarta-feira, 26. Foi um encontro promovido em conjunto pela Aner (Associação Nacional dos Editores de Revistas) e ABA (Associação Brasileira de Anunciantes), como preâmbulo ao encontro ABA Summit 2011 no Hotel Renaissance, em São Paulo.

Barbosa afirmou estar em processo de aprendizado sobre o setor – ele já ocupou vaga no Conselho de adminstração do grupo Abril entre 2004 e 2007. Segundo ele, após 25 anos de atuação no setor financeiro, e os 12 anteriores tendo atuado na Nestlé, agora a fase é de “repaginação”. Sobre o mercado de revistas, ele afirmou ter “certeza de que as novas tecnologias apresentam novas oportunidades para o segmento”.

Barbosa fez uma breve apresentação de cunho econômico/financeiro. Sob o título “Brasil: o País do Presente”, abordou o cenário macroeconômico e as perspectivas do País no cenário internacional, ante países com perspectivas iminentes do crescimento de risco e projeção de queda do avanço do PIB global.

Barbosa destacou que o Brasil hoje é “um país de inlcusão, onde não se fala mais em exclusividades”, e que se beneficia muito da realidade denominada “bônus demográfico”: mais pessoas trabalhando em relação ao total da população. “A China vive isso de forma mais acentuada”, disse, complementando a necessidade de se aproveitar o momento.

Ainda, um outro aspecto de viés econômico foi abordado na sua apresentação, que é a questão da explosão do mercado imobiliário. “O que aconteceu é que antes não havia crédito; os imóveis no Brasil eram comprados à vista e havia uma defasagem de preço”. Agora, ele explica, há crédito disponível e houve crescimento de demanda; consequentemente, houve a adequação de preços.

No mais, o executivo falou das perspectivas de crescimento do País e o desafio de se expandir sem inflação. Também, destacou haver trabalho por parte do governo nas questões que pressionam o “Custo Brasil”, como infra-estrutura, carga tributária, eficiência (de empresas e governos) e também na área de educação.

Especificamente sobre mídia, disse Barbosa: “Vemos a necessidade de trabalhar com transparência e responsabilidade na busca de informar e reforçar os valores na comunicação”. Pontualmente sobre as revistas, ele acredita que têm o desafio de se repaginar na forma e não nos seus conteúdos e valores.

 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”