Reader?s Digest entra em concordata

Buscar

Mídia

Publicidade

Reader?s Digest entra em concordata

Dona da marca Seleções no Brasil, holding americana precisa diminuir sua dívida de US$ 465 milhões


18 de fevereiro de 2013 - 5h38

A holding RDA entrou com pedido de concordata nos Estados Unidos para tentar amortizar parte dos US$ 465 milhões em dívidas da operação americana. A empresa publica a revista Reader’s Digest, conhecida como Seleções no Brasil.

A empresa continua operando normalmente e manterá seus ativos até conseguir equilibrar as contas. A meta é baixar as dívidas para US$ 100 milhões até o fim da concordata. O pedido foi realizado em comum acordo com credores e apresentado a um tribunal de Nova York, segundo o comunicado oficial.

O texto afirma que as “operações internacionais da companhia, incluindo o Canadá, não fazem parte da proposta". Mas ressaltou que mesmo as subsidiárias internacionais deverão repensar o modelo de negócio e que tais mudanças serão discutidas e informadas nas próximas semanas.

São publicadas 75 revistas em 21 idiomas, atingindo um público de 140 milhões de pessoas, segundo estimativa da empresa. O título nasceu em fevereiro de 1922 e, 20 anos depois, chegou ao Brasil com o nome Seleções. A RDA americana já havia entrado em concordata entre 2009 e 2010. 

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”