Vice faz acordo de US$ 500 milhões

Buscar

Mídia

Publicidade

Vice faz acordo de US$ 500 milhões

Após investimento de A&E Networks e Technology Crossover Ventures (TCV), plataforma passa a valer US$ 2,5 bilhões


4 de setembro de 2014 - 11h46

O objetivo de Shane Smith, fundador da Vice, de dominar a mídia está mais próximo de ser concretizado. Nesta semana, a plataforma fechou duas parcerias que renderão US$ 500 milhões em investimento para os canais e projetos da Vice.

A empresa do Vale do Silício, Technology Crossover Ventures (TCV), e a A&E Networks, joint venture entre Disney-ABC Television Group e Hearst Corporação, adquiriram 10% de participação cada. O acordo valorizou a Vice, que passou a valer US$ 2,5 bilhões. No ano passado, quando a 21st Century Fox comprou 5% de participação, a empresa foi avaliada em US$ 1,4 bilhão.

O acordo com a TCV abrange o desenvolvimento de produtos digitais e recursos de distribuição em todos os dispositivos. A empresa já realizou investimentos na Netflix e no Facebook. Já a presença da A&E Networks é direcionada ao desenvolvimento de conteúdo em canais digitais e móveis. Com a parceria, a Vice será exibida em mais de 98 milhões de lares norte-americanos.

Em comunicado oficial, Smith diz que as novas parcerias posicionam a Vice na vanguarda da convergência de mídia e da tecnologia, ao mesmo tempo em que preservam e protegem a independência. "Conteúdo e tecnologia inovadora de plataformas dirigirão a Vice em nossa busca incessante de domínio total da mídia", diz.

Com informações do Mashable e da Digital AM
 

wraps

Publicidade

Compartilhe