Economist é chefiada por mulher pela 1ª vez

Buscar

Mídia

Publicidade

Economist é chefiada por mulher pela 1ª vez

Zanny Minton Beddoes será, a partir de fevereiro, primeira editora-executiva dos 171 anos de história da revista


26 de janeiro de 2015 - 3h25

Zanny Minton Beddoes é a primeira mulher a ocupar o cargo de editora-executiva da centenária revista The Economist. Ela vai ocupar o lugar de John Micklethwait, que vai ocupar o mesmo cargo na Bloomberg News em fevereiro.

A profissional entrou para o grupo em 1994 e era editora de negócios da Economist desde o ano passado. Antes, foi economista do Fundo Monetário Internacional (FMI). Formada por Oxford e Harvard, Zanny chegou a fazer parte do grupo do economista e professor Jeffrey Sachs, que orientou a histórica campanha do movimento Solidariedade em 1989 na Polônia, e fez parte, posteriormente, do conselho econômico do premiê Tadeusz Mazowiecki, primeiro sem ligação com o partido comunista, após 40 anos de regime.

Zanny é a 17ª pessoa a ocupar o cargo nos 171 anos de história da revista. Além da Economist, a jornalista já foi fonte recorrente de emissoras de TV e rádio em língua inglesa, como BBC e CNN.

Em outubro, o grupo Economist anunciou maiores investimentos no Brasil por meio da instalação de sua área de pesquisas, a Economist Intelligence Unit (EIU), em São Paulo.
 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”