Ibope: mercado fica estável em 2015

Buscar
Publicidade

Mídia

Ibope: mercado fica estável em 2015

Investimentos publicitários no Brasil tiveram variação de 0,8% no primeiro semestre, na comparação com o mesmo período do ano passado


27 de julho de 2015 - 5h52

Os investimentos publicitários em mídia alcançaram o montante de R$ 60,1 bilhões no primeiro semestre de 2015. Os dados, extraídos do relatório do Ibope Media, mostram que o mercado de publicidade teve um desempenho praticamente estável, na comparação com o primeiro semestre do ano passado.

O valor registrado pelo Ibope Media neste ano é 0,8% maior do que o movimentado nos primeiros seis meses de 2014, período em que o mercado encontrava-se até mais aquecido por conta dos investimentos da Copa do Mundo. De acordo com a avaliação do Ibope, apesar do atual cenário brasileiro inspirar cautela aos anunciantes, algumas categorias apresentaram crescimento nos investimentos em mídia, como os setores de carnes, higiene pessoal e beleza e produtos farmacêuticos.

A TV aberta continua sendo o meio que mais recebe investimentos publicitários no Brasil. No primeiro semestre deste ano, foram investidos R$ 33,152 bilhões em publicidade na TV, o que confere ao meio um share de 55%. Apesar disso, foi a TV paga o veículo que mais cresceu em termos de investimento publicitário. Nos primeiros seis meses de 2015, os anunciantes investiram um total de R$ 6,175 bilhões em TV por assinatura, valor 25% maior do que o registrado nos primeiros seis meses de 2014.

O Ibope Media considera os valores de tabela cheia divulgados pelos veículos, sem os descontos normalmente negociados por anunciantes e agências, o que resulta em valores absolutos fora da realidade. Entretanto, como usa a mesma metodologia para todos os seus rankings de anunciantes e agências, é uma das referências usadas pelo mercado.

Veja a participação de cada meio no bolo publicitário, segundo o Ibope Media: 

wraps

Veículo                     Investimento         Share
TV Aberta                  R$ 33,152 bilhões      55%
Jornais                      R$ 7,804 bilhões        13%
TV Paga                     R$ 6,175 bilhões       10%
Internet                     R$ 4,421 bilhões         7%
TV (Merchandising)    R$ 3,049 bilhões         5%
Revista                      R$ 2,406 bilhões         4%
Rádio                        R$ 2,382 bilhões         4%
Cinema                     R$ 358 milhões           1%
Mobiliário Urbano       R$ 314 milhões           1%
Outdoor                     R$ 57 milhões            0%

 

Anunciantes e agências
Segundo o ranking do Ibope Media, o laboratório Genomma foi o anunciante que mais investiu em publicidade nos primeiros seis meses de 2015, movimentando um total de R$ 2,13 bilhões (34% mais do que o investido no mesmo período do ano anterior). Com isso, o Genomma subiu da terceira para a primeira posição no ranking dos anunciantes do Ibope. Veja a lista:

Genomma – R$ 2,130 bilhões
Via Varejo – R$ 2,110 bilhões
Unilever – R$ 1,939 bilhão
Hypermarcas – R$ 1,108 bilhão
Caixa – R$ 933 milhões
Ambev – R$ 742 milhões
Petrobras – R$ 642 milhões
Telefonica – R$ 552 milhões
Fiat – R$ 746 milhões
Itaú – R$ 455 milhões

Veja, agora, as agências que lideram o ranking do Ibope Media (e seus investimentos no período):

Y&R – R$ 3,6 bilhões
Ogilvy & Mather – R$ 1,821 bilhão
Africa – R$ 1,577 bilhão
Mullen Lowe Brasil – R$ 1,501 bilhão
WMcCann – R$ 1,452 bilhão
AlmapBBDO – R$ 1,415 bilhão
J. Walter Thompson – R$ 1,237 bilhão
Leo Burnett Tailor Made – R$ 1,219 bilhão
Havas Worldwide – R$ 1,193 bilhão
DM9DDB – R$ 1,177 bilhão

 

Publicidade

Compartilhe

Veja também