Zero Hora lança edição de fim de semana

Buscar

Mídia

Publicidade

Zero Hora lança edição de fim de semana

Jornal ampliado reúne conteúdos especiais no sábado, com atualização digital de notícias no domingo


29 de janeiro de 2016 - 8h46

Novas plataformas digitais e mais investimento em conteúdo jornalístico. Essas são algumas novidades do Zero Hora para este ano.

A publicação do Grupo RBS também dará mais atenção aos leitores aos fins de semana. A partir de uma pesquisa sobre os hábitos de leitura de seus assinantes, o Zero Hora constatou que a edição de sábado tinha uma vida curta, ofuscada pela edição dominical, que circula no início da tarde.

Dessa forma, a partir de março, será publicada uma superedição aos sábados com matérias de maior fôlego, além das revistas ZH Doc e Donna, com matérias de análise. O caderno Vida terá mais página e os leitores ganharão mais um caderno sobre entretenimento e programação cultural, o Findí.

O portal da publicação também foi reformulado para melhorar a experiência do leitor no mobile e oferecer conteúdos exclusivos em vídeo. A edição de domingo para os tablets será atualizada com informações, como os resultados da rodada do futebol do dia anterior. No ano passado, o jornal lançou sua edição para tablets. E criou seu núcleo de publicidade nativa.

No próximo mês, o time de colunistas do Zero Hora será reforçado com a participação do articulista Denis Rosenfield e David Coimbra.
 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”