Agora São Paulo celebra 20 anos

Buscar

Mídia

Publicidade

Agora São Paulo celebra 20 anos

Em comemoração, jornal estreia novo site e prepara reformulação gráfica para o impresso


25 de março de 2019 - 9h53

Novo site do jornal Agora São Paulo (Crédito: Reprodução)

Em comemoração ao aniversário de 20 anos na semana passada, o jornal Agora São Paulo apresentou reformulações em sua versão digital. Com as mudanças, a publicação do Grupo Folha passa a disponibilizar todo o conteúdo de sua versão impressa no site. Anteriormente, apenas alguns trechos de suas notícias eram liberados na internet.

Para facilitar a navegação, as principais seções do jornal como Defesa do Cidadão, Saúde, Gestão e INSS ganham abas exclusivas no digital. A cobertura da cidade de São Paulo também segue dividida em Zona Oeste, Sul, Norte, Leste, Centro, Grande SP e Interior.

A reformulação abre espaço para que os leitores possam enviar sugestões de reportagens para o noticiário no campo “Envie sua notícia”. Para celebrar os 20 anos, o periódico também prepara uma reestruturação gráfica na edição impressa.

O Agora nasceu em 22 de março de 1999, substituindo a Folha da Tarde. A publicação se dedica à prestação de serviço, economia popular e a fiscalização do poder público. Em 2018, o jornal atingiu circulação média diária de cerca de 67 mil exemplares, segundo dados do Instituto Verificador de Comunicação (IVC).

*Crédito da foto no topo: Reprodução

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Grupo Folha

  • Agora São Paulo

  • aniversário

  • jornal

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”