Twitter passa a procurar ativamente por conteúdo impróprio

Buscar

Mídia

Publicidade

Twitter passa a procurar ativamente por conteúdo impróprio

Plataforma implementa novas medidas contra conteúdo abusivo, spam e manipulação


17 de abril de 2019 - 6h57

Em uma publicação em seu blog nesta terça-feira, 16, o Twitter anunciou que a partir deste ano começou a analisar com mais proatividade conteúdo impróprio publicado nas redes sociais. Anteriormente, a equipe da plataforma apenas avaliava conteúdo denunciados por outros usuários. Hoje, os próprios times da empresa sinalizam publicações com teor abusivo, de ódio, que encorajam automutilação, ameaças e demais formas de violência. De acordo com o comunicado assinado por Donald Hicks, vice-presidente de serviço, e David Gasca, diretor de produto do Twitter, atualmente 38% das sanções são feitas pela equipe da empresa.

A plataforma também afirmou que está implementando novas medidas para aprimorar a denúncia e identificação de tais conteúdos impróprios. Uma das iniciativas é adicionar avisos na plataforma para tornar clara essas medidas, como quando a empresa mantém publicações que, embora tenha sido denunciadas, é de interesse público.

Em breve, as regras serão atualizadas para fornecer maior clareza, disse o Twitter. A expectativa é que em junho a empresa teste ferramentas para maior controle do usuário, permitindo, por exemplo, que ele oculte as respostas às suas publicações.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Conteúdo

  • twitter

  • Segurança

  • Spam

  • Donald Hicks

  • David Gasca

  • Violação

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”