Twitter sai do ar no Brasil, EUA e Europa

Buscar

Mídia

Publicidade

Twitter sai do ar no Brasil, EUA e Europa

Rede começou a apresentar primeiros sinais de instabilidade por volta das 15 horas no País

Sergio Damasceno Silva
11 de julho de 2019 - 16h23

(atualizado às 17:50 horas)

O Twitter começou a apresentar sinais de instabilidade na tarde desta quinta-feira, 11, no Brasil,  o que gerou reclamações de usuários por várias capitais do País.

Pelo site Downdetector, que acompanha o tráfego das principais redes sociais em nível global, as reclamações subiram nos Estados Unidos, Europa e Brasil.

Há menos de duas semanas, as redes de Mark Zuckerberg – Facebook, Instagram e WhatsApp – tiveram queda global que, em alguns casos, levaram mais de 16 horas para se recuperar. O Facebook e demais redes não informaram o que aconteceu. Na ocasião, também foram relatados problemas com as direct messages (DM) do Twitter. Também em março as redes sociais de Zuckerberg tiveram problema similar.

O Twitter confirmou que havia problemas, os quais estava investigando. Às 16:45 horas, horário de Brasília, a rede voltou ao normal. Ainda segundo o Downdetector, as localidades mais afetadas no Brasil foram São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba.

Às 17:40 horas, o Tiwtter emitiu o comunicado: “A interrupção ocorreu devido a uma alteração interna na configuração – que está sendo corrigida. Algumas pessoas já podem acessar o Twitter novamente e estamos trabalhando para garantir que a plataforma esteja disponível para todos o mais rápido possível.”

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”