Globo não exibirá jogos do Flamengo no Carioca

Buscar

Mídia

Publicidade

Globo não exibirá jogos do Flamengo no Carioca

Clube e emissora não chegaram a acordo de pagamento pelos direitos de transmissões e partidas não serão exibidas na TV aberta, paga e nem no pay-per-view


17 de janeiro de 2020 - 10h48

Gabriel Barbosa (Gabigol), comemora seu gol em partida contra o Grêmio na semifinal da Libertadores 2019 (Crédito: Lucas Tavares/Zimel Press/Folhapress)

O Campeonato Carioca de Futebol terá início já neste sábado, 18. Os torcedores do Flamengo, no entanto, não poderão assistir às partidas do time na TV. O clube e a emissora, até o momento, não chegaram a um acordo a respeito do pagamento pelos direitos de transmissão em nenhuma plataforma.

De acordo com a Globo, o “valor pedido pelo Flamengo estava muito acima do acerto feito com os outros clubes e a Federação do Rio de Janeiro”. A emissora destaca que, nas negociações que envolvem direitos de transmissão, vem procurando adotar “modelos com critérios que visam maior equilíbrio e valorizam a meritocracia esportiva e comercial na alocação dos valores, em vez de valores diferenciados que acabam resultando em desigualdade preestabelecida”.

Já o Flamengo, também em nota oficial, disse que não houve acordo pelo fato de a Globo ter adotado a posição de só renovar o contrato de transmissão se fossem mantidas as “mesmas condições comerciais comerciais acertadas em 2016, não levando em conta a nova fase do Flamengo e nenhum dos pontos sugeridos pelo clube para uma possível renovação” e que, por isso, os jogos do time não serão exibidos na Globo, nem pelo SporTV e Premiere (pay-per-view). O Flamengo estreia no Campeonato Carioca contra o Macaé neste sábado, 18h, às 16h. O clube é o atual campeão do Campeonato Carioca.

A falta de negociação em relação ao torneio estadual não interfere na parceria entre o Flamengo e a emissora para o Campeonato Brasileiro, que já está garantido. O clube carioca, aliás, é o atual campeão brasileiro e também da Copa Libertadores da América.

Confira, abaixo, as notas oficiais divulgadas pela Globo e pelo Flamengo.

Globo:
Fizemos ao Flamengo uma proposta para o Campeonato Carioca, mas infelizmente não chegamos a um acordo, pois o valor pedido pela diretoria do time rubro-negro está muito acima do acerto já feito com os outros clubes e a Federação do Rio de Janeiro. Por isso, até este momento, os jogos do Flamengo não serão transmitidos em nenhuma plataforma. Temos grande interesse nesses direitos e continuamos sempre abertos ao diálogo, esperando chegar a um acordo satisfatório para todos: clubes, federação, marcas, plataformas e, principalmente, para os torcedores. Nosso objetivo é fazer uma transmissão do tamanho da paixão do carioca pelo futebol, sem abrir mão dos princípios que têm norteado nossas aquisições de direitos no futebol brasileiro. Adotamos cada vez mais modelos com critérios que visam maior equilíbrio e valorizam a meritocracia esportiva e comercial na alocação dos valores, em vez de valores diferenciados que acabam resultando em desigualdade preestabelecida. É um sinal de respeito pelas equipes e pelos torcedores que defendem todas as cores e bandeiras nas arquibancadas do Rio de Janeiro. Sem distinção. É a forma de a Globo de contribuir para um futebol brasileiro mais equilibrado, mais consistente, que seja bom para todos e não apenas para alguns. Acreditamos que demos passos importantes nessa direção. Como acontece desde o início da temporada, o Flamengo – único clube até aqui ainda sem acordo com a Globo – continuará tendo espaço na cobertura constante dos programas esportivos da Globo, do SporTV e do GloboEsporte.com, além da exibição ao vivo de partidas do clube pela Copa Libertadores da América, Supercopa, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

Flamengo:
O Clube de Regatas do Flamengo informa que, em razão do término de seu contrato com o Grupo Globo de Televisão para a transmissão do Campeonato Carioca de Futebol e a posição da emissora em só renová-lo mantendo exatamente as mesmas condições comerciais acertadas em 2016, não levando em conta a nova fase do Flamengo e nenhum dos pontos sugeridos pelo clube para uma possível renovação, os jogos de nosso time de futebol profissional no Carioca 2020 não serão transmitidos nos canais abertos da Rede Globo de Televisão, no SportTV em TV Paga e no Canal Premiere em sistema pay-per-view.

Apesar da não transmissão televisiva de seus jogos, a diretoria do Flamengo reafirma seu total compromisso em levar a campo todo o elenco de jogadores que foi campeão do Carioca, do Brasileirão e da Libertadores no ano de 2019. Será com este elenco completo e, ainda mais reforçado com as novas contratações, que lutaremos pelo bicampeonato carioca, além de buscar oferecer para nossa torcida e para os amantes do futebol um espetáculo de alto nível esportivo.

Temos certeza que, assim como fizemos em todo o decorrer do ano passado juntos, torcida e time serão mais uma vez protagonistas de momentos especiais para o futebol brasileiro.

Vale aqui o registro da continuidade de nossa parceria com Grupo Globo, através do contrato comercial que temos para as transmissões dos jogos do Campeonato Brasileiro. Uma parceria de mais de uma década, pautada pelo profissionalismo e respeito de ambas as partes.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Globo

  • Flamengo

  • SporTV

  • Premiere

  • Clube de Regatas Flamengo

  • TV aberta

  • TV Paga

  • internet

  • futebol

  • Esportes

  • Rio de Janeiro

  • Campeonato Carioca

  • Direitos

  • Transmissão esportiva

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”