WarnerMedia e SBT ficam com Champions League

Buscar

Mídia

Publicidade

WarnerMedia e SBT ficam com Champions League

Grupo de mídia mantém o torneio europeu na TV por assinatura e streaming, enquanto SBT ficaria com fatia da TV aberta, no lugar do Facebook

Bárbara Sacchitiello
2 de março de 2021 - 15h29

(Crédito: Reprodução/Facebook.com/ChampionsLeague)

Os direitos de transmissão da UEFA Champions League para as próximas temporadas devem permanecer com a WarnerMedia, na TV por assinatura, e ficar com o SBT, na TV aberta. De acordo com informações do colunista Rodrigo Matos, do UOL, as propostas dos dois veículos foram as vitoriosas na disputa pelos direitos do principal torneio de clubes de futebol da Europa. A negociação vale a partir da temporada 2021/2022, que terá início em agosto. No momento, o torneio está na fase das oitavas de final da temporada 2020/2021.

A história da WarnerMedia com a competição começou em 2015, quando o Esporte Interativo – que na época havia sido adquirido pela Turner – exibiu pela primeira vez o torneio depois de ter conquistado os direitos, com exclusividade, para a TV por assinatura. Com o fim da marca Esporte Interativo na TV linear, a Champions passou a ser exibida no canal TNT. Em janeiro deste ano, a marca Esporte Interativo deixou de ser utilizada pelo grupo, dando lugar à TNT Sports e à plataforma de streaming Estádio TNT Sports.

Até a temporada deste ano, os direitos da Champions League eram divididos com o Facebook, que eram proprietários da transmissão da competição na categoria equivalente à TV Aberta. Esse esquema, no entanto, já mudará a partir da edição 2021/22 do torneio. Na TV Aberta, quem passará a exibir os jogos da Champions League será o SBT.

A emissora retornou ao campo das transmissões esportivas no ano passado, primeiramente com a exibição da final do Campeonato Carioca e, depois, na aquisição dos direitos da Copa Libertadores da América – após a não-renovação do acordo entre Globo e Conmebol. Pela boa aceitação da audiência e também por conta das respostas positivas do mercado publicitário à essas transmissões, o SBT manifestou interesse em ampliar o esporte em sua grade de programação e passou a monitorar a aquisição de novos direitos.

Oficialmente o SBT reforça o interesse em negociar os direitos da UEFA Champions League no Brasil, mas não confirma a conclusão da negociação. A reportagem também procurou a WarnerMedia a respeito da negociação e aguarda um posicionamento.

Publicidade

Compartilhe