Globoplay inclui Telecine no combo de assinaturas

Buscar

Mídia

Publicidade

Globoplay inclui Telecine no combo de assinaturas

Ampliação da oferta é mais uma estratégia da Globo para aumentar a base de assinantes da plataforma de streaming

Bárbara Sacchitiello
30 de março de 2021 - 11h34

Portfólio de filmes da rede Telecine, que inclui Aquaman, estão disponíveis no novo combo de assinatura oferecido pela plataforma (Crédito: Divulgação)

Em setembro do ano passado, o Globoplay começou a integrar seu serviço de streaming ao portfólio de canais pagos da Globo ano anunciar o combo de assinaturas Globoplay + canais ao vivo. Agora, a plataforma dá mais um passo na integração com o pilar de TV por assinatura e inclui, além dos canais ao vivo, a possibilidade de o assinante contar com o conteúdo da biblioteca da rede Telecine.

A ampliação da oferta é mais um passo da Globo para ampliar a base de assinantes do Globoplay, serviço que lidera as pretensões de crescimento digital da empresa. Em entrevista concedida ao Meio & Mensagem na semana passada, Jorge Nóbrega, presidente executivo da Globo e presidente do Grupo Globo, comentou sobre o crescimento da plataforma de streaming em 2020.

“O Globoplay teve um crescimento enorme: só no ano passado, teve alta na receita de 112%. Quando olhamos para o resultado do grupo, tivemos uma perda de receita em relação à 2019, por conta da pandemia, mas quando olhamos os dados por dentro, vemos esse crescimento do Globoplay e é esse ritmo que queremos para os novos negócios”, declarou o executivo, sem abrir, no entanto, os dados sobre a quantidade de assinantes na plataforma.

Nóbrega também mencionou, na mesma entrevista, como a Globo vê a plataforma de streaming em sua estratégia de janelas de distribuição de conteúdo e falou sobre a concorrência no segmento. “Faremos sempre o que os consumidores quiserem e já há conteúdos lançados em primeira mão no Globoplay. Temos uma discussão permanente sobre produtos, grades e janelas. Não gosto de comparar com Netflix ou Disney, porque não temos o tamanho nem o dinheiro deles, também porque nosso mix de conteúdo não é comparável. Não vamos jogar o jogo deles. Vamos jogar o nosso, que é ser multiplataforma, produzir para distribuir em mais de uma plataforma”, destacou.

Com a nova oferta, o Globoplay oferecerá o acesso ao seu portfólio de contéudo (formado por séries, novelas, filmes e o conteúdo dos programas da Globo), mais o acesso ao conteúdo ao vivo dos canais pagos (Viva, Multishow, SporTV, GNT, BIS, Gloob, etc) e aos canais da rede Telecine pelo valor de R$ 74,90.  A assinatura contempla o acesso ao acervo de mais de dois filmes da rede, mas não oferece o acesso ao sinal ao vivo dos canais lineares. Sem o Telecine, a assinatura integrada do Globoplay + canais ao vivo tem o valor de R$ 49,90.

Antes, o Globoplay já oferecia a possibilidade de inclusão dos canais Telecine – assim como o Premiere – em seu pacote de pacotes digitais, mas não em um modelo de assinatura integrada com a oferta dos canais pagos ao vivo.

Publicidade

Compartilhe