Jovem Pan deve ocupar espaço da Loading na TV aberta

Buscar

Mídia

Publicidade

Jovem Pan deve ocupar espaço da Loading na TV aberta

Empresa estaria prestes a fechar o negócio com os sócios do Grupo Kalunga e donos da concessão, para levar seu conteúdo para a televisão aberta

Taís Farias
8 de julho de 2021 - 12h54

Antônio Augusto Amaral de Carvalho Filho, o Tutinha (Crédito: Divulgação/Grupo Jovem Pan)

A Jovem Pan deve assumir a programação do canal 32, na TV aberta, que já pertenceu à MTV Brasil. A informação foi adiantada pela coluna da jornalista Cristina Padiglione, na Folha de S. Paulo. A concessão do canal pertence aos sócios do Grupo Kalunga, José Roberto Garcia e Paulo Sergio Garcia. Em dezembro do ano passado, o espaço passou a exibir o conteúdo do canal Loading, com programação voltada à cultura pop, games e universo geek. No entanto, em maio, o canal anunciou o encerramento de suas atividades e passou a exibir apenas reprises.

Funcionários comunicaram, em suas redes sociais, uma demissão em massa. O fim da programação teria sido atribuído à saída do Kalunga, principal patrocinador do projeto. Desde então, havia rumores sobre quem passaria a ocupar o canal. Além da Jovem Pan, a CNN Brasil e redes de conteúdo evangélico foram apontados como parte da negociação. Quando ainda pertencia ao Grupo Abril e depois do fim da MTV, o 32 chegou a ser batizado como Ideal TV, veiculando programação de vendas e de cunho religioso.

Em entrevista à Folha, o presidente e sócio-proprietário da Jovem Pan, Antônio Augusto Amaral de Carvalho Filho, o Tutinha, afirmou que está prestes a fechar o acordo com os donos da concessão e que o negócio será uma joint venture. Dessa forma, o canal continua pertencendo aos donos do Grupo Kalunga e a Jovem Pan entrará com o conteúdo. O grupo de rádio, no entanto, será responsável pela venda publicitária.

Ainda segundo a reportagem, as empresas estariam discutindo questões tributárias e detalhes do acordo. A Pan já tentou fazer outras investidas na TV aberta, mas não teve sucesso. O grupo já conta com a Panflix, plataforma de streaming da marca, que seria base da programação.

*Crédito da foto no topo: Eugenesergeev/iStock

Publicidade

Compartilhe