O desafio de engajar um público

Buscar

Opinião

Publicidade

O desafio de engajar um público

O marketing de influência ainda será um importante braço nas ações


11 de dezembro de 2019 - 6h00

(Crédito: Venimo/istock)

Quando pensamos em organização de eventos, surgem algumas dúvidas. Qual o tema central? Quem serão os convidados? Onde fazer? Qual o tempo de duração? São tantas questões que não caberiam em um parágrafo. Para quem trabalha com marketing digital e precisa organizar um encontro sobre o tema, voltado justamente para o público que entende do assunto, aparece uma pergunta: Como engajar esses profissionais para que fiquem interessados no que for apresentado e saiam de lá com a sensação de que podem colocar as mãos na massa para fazer a diferença?

Juntei o time e começamos a ter diversas ideias, mas na minha cabeça pensava em como motivar essas pessoas em mostrar resultados que comprovem a potência em comunicação que são as redes sociais. O time de dados já levantava as principais informações do Brasil, quem mais engaja, onde e com o quê. Olha, uma tendência aqui! Que interessante isso, as empresas estão postando menos nas páginas próprias e utilizando mais influenciadores. Eles são a chave, os responsáveis pela movimentação e interesses das audiências, que se tornaram mais exigentes.

A tecnologia é uma importante aliada, andamos de mãos dadas. Acredito que para um bom funcionamento do trabalho é necessário haver o fator tecnologia e humano juntos, para assim compreender o que faz sentido naquele contexto. Assim, podemos ver que o Instagram superou o Facebook em volume de engajamento e para anunciar o lançamento de algum produto, o Twitter deve ser a menina dos olhos das marcas, pois a quantidade de produção de conteúdo é constante para temas atuais.

Depois de diversos brainstorms, local definido, longas reuniões aqui e na matriz em Praga, vamos aos convites dos palestrantes. Queremos impactar os espectadores e tornar o evento algo fixo no calendário das grandes empresas nos próximos anos. Depois de conversar com as mulheres — que neste ano viriam em peso, ainda bem! — para entender qual seria o direcionamento, pude perceber o impacto do storytelling. Ele muda o rumo do que compartilhamos e isso impacta as pessoas. Elas querem ver o que é, como é e de que forma algo interfere na vida delas, além de, claro, receber recomendações.

O que podemos esperar para o futuro? O marketing de influência ainda será um importante braço nas ações? Sim. Com formatos que não ficam nas fotos e vídeos — oi, Instagram Stories e Lives! Facebook é coisa do passado? Que nada, ele converte e muito! Mas o queridinho do momento é mesmo o Instagram, o irmão prodígio da família. Influenciadores em todos os lugares, se mostrando como chave para engajar. E o que mais podemos esperar? Muito conteúdo.

Com isso, respiro fundo, penso em tudo e olho para o auditório cheio e a luz em mim: “Boa tarde, sou Alexandra Avelar, country manager. Bem-vindos ao Socialbakers Engage 2019!”

*Crédito da imagem no topo: Pete Linforth/Pixabay

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • facebook

  • Instagram

  • Engajamento

  • tecnologia

  • Marketing Digital

  • Redes Sociais

  • Influenciadores

  • storytelling

  • público

  • marketing de influência

  • brainstorms

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”