Marie Claire muda projeto editorial e gráfico

Buscar

Sem categoria

Publicidade

Marie Claire muda projeto editorial e gráfico

Edição de aniversário celebra o humor, mulheres fortes e se assemelha às publicações internacionais da revista

Thaís Monteiro
3 de abril de 2017 - 13h52

Capa da edição de aniversário da revista Marie Claire (Crédito: Bob Wolfenson)

Capa da edição de aniversário da revista Marie Claire (Crédito: Bob Wolfenson)

No mês de abril, a revista Marie Claire completa 26 anos e tem novidades em seu projeto gráfico e editorial. Em conteúdo, a editoria de beleza será ampliada para 20 páginas (ao invés das 12 anteriores) e incluirá Nutrição e Fitness como seções fixas. Já o design se equipara as edições internacionais da marca, com tipografia de texto para headlines e maior uso de itálicos, sublinhados e caixa alta nos títulos, olhos e na capa para, segundo Ítalo Massaru, diretor de arte da revista, “reafirmar o projeto de mídia para o formato impresso”.

“Nossa grande bandeira é, e sempre será, a defesa dos direitos femininos. Marie Claire continua sendo a revista da mulher inteligente, politizada, mas que também adora moda e beleza”, diz Marina Caruso, diretora de redação.

O posicionamento permanece o mesmo que a revista diz sempre ter pregado. “Nossa grande bandeira é, e sempre será, a defesa dos direitos femininos. Marie Claire continua sendo a revista da mulher inteligente, politizada, mas que também adora moda e beleza”, diz Marina Caruso, diretora de redação. E, seguindo esse princípio, a edição de aniversário retrata as mulheres no humor e o denominado “novo feminismo” a partir de entrevistas e um ensaio fotográfico com Clarice Falcão, Dani Calabresa, Ingrid Guimarães, Julia Rabello, Sabrina Sato e Tatá Werneck na matéria de capa; uma matéria sobre a atriz Adele Exarchopoulos, protagonista do filme “Azul é a Cor Mais Quente” e vencedora de uma Palma de Ouro; e outra com a jornalista Virginia Vallejo, amante de Pablo Escobar que vive exilada em Miami. Além da mudança na edição, a revista planeja o Power Trip Summit, que reunirá de 50 a 100 executivas no Nordeste para debater empreendedorismo feminino e eventos mensais para cada edição.

Publicidade

Compartilhe