Webmotors introduz assinatura de veículos

Buscar

Sem categoria

Publicidade

Webmotors introduz assinatura de veículos

Nova plataforma quer atrair consumidor que prefere alugar carro em vez de comprar e incrementa ferramentas de IA na busca

Igor Ribeiro
25 de março de 2019 - 7h53

Nova plataforma mobile da Webmotors (Crédito: Divulgação)

A Webmotors, uma das maiores plataformas de comercialização de carros, estreia uma plataforma repaginada em 8 de abril, com novas ferramentas de busca. “O novo website vai mudar a experiência do usuário em dois pilares: primeiramente, está mais intuitiva, facilitando a busca tradicional; e há mais categorias, voltadas à visão do cliente e personalização de preferências”, descreve Eduardo Jurcevic, CEO da Webmotors. Junto a compra e venda, haverá também uma nova modalidade de negociação: uso de carro.

Eduardo Jurcevic, CEO da Webmotors (Crédito: Divulgação)

Por décadas, a indústria automotiva se sustentou e cresceu amparada, em boa parte, pela venda direcionada ao consumidor final. Mas cada vez mais pessoas parecem estar mais focadas em mobilidade do que necessariamente na posse de veículos – a essa busca em especial que se apresenta a nova funcionalidade da plataforma. “Claro, nosso consumidor ainda busca por carro e não conseguimos traduzir em números uma mudança de comportamento consolidada, mas conseguimos ver uma tendência”, diz Eduardo.

A plataforma tem negociado parcerias para oferecer, por exemplo, assinatura mensal de um veículo – em que o fornecedor arca com despesas como manutenção e seguro — ou até mesmo um uso eventual. Locadoras e os próprios fabricantes poderão oferecer o serviço. “É como carro elétrico: a indústria brasileira ainda tem muito a evoluir nesse sentido, mas nós temos que nos antecipar e observar as tendências”, afirma o executivo. Eduardo Jurcevic era diretor executivo do Santander, principal acionista da empresa, e assumiu a liderança da Webmotors no início do ano após a saída de Claudia Woods, que se tornou general manager da Uber no Brasil.

Tecnologia embarcada
Para sustentar as mudanças, o CEO aponta números no crescimento de buscas por modelos específicos, como os próprios carros elétricos, cujas buscas no site aumentaram em mais de 100% no ano passado. Outra modalidade bem específica bastante procurada no ano passado – carros adaptados para deficientes físicos – cresceu 36,5%, acima de modelos hatchback, que são bastante populares.

Para facilitar a busca por características mais específicas, a Webmotors está afinando suas ferramentas de pesquisa e personalização. “Temos centenas de milhares de veículos nos classificados, mas hoje é menos uma busca por volume, e mais por algo que ajude a decidir”, explica Luiz Fernando Diniz, diretor de produto da empresa. “Assim como oferecemos vídeos, os conteúdos editoriais da WM1 e indicamos as lojas de experiência para ajudar na escolha do modelo, vamos melhorar a análise de dados para entender as necessidades dos consumidores.”

O executivo aponta que a Webmotors investiu em tecnologia para melhorar a eficiência de ferramentas de inteligência de mercado e machine learning, no sentido de entender as preferências de seus mais de 30 milhões de usuários mensais. “Além de marca, modelo e versão, vamos indicar na busca os modelos sedan com melhor fit para cadeirinha de bebê ou os melhores SUV 4×4 com porta mala grande, por exemplo”, aponta Diniz.

Publicidade

Compartilhe