O coração como métrica

Buscar

Webinar

Publicidade

O coração como métrica

Eco Moliterno, CCO da Accenture Interactive, fala sobre as batidas do coração como métrica e o futuro das interações humanas, e ressalta como elas servem de insights para profissionais de marketing


17 de maio de 2019 - 13h46

 

Eco Moliterno (Crédito: Arthur Nobre)

O Meio & Mensagem estreou no último dia 14 de maio um novo projeto de conteúdo, o Webinar Meio & Mensagem. Com frequência mensal, o formato se propõe a tratar de assuntos relacionados ao mercado de comunicação de maneira aprofundada, ao vivo e com a interação direta dos participantes.

No primeiro episódio, Eco Moliterno, CCO da Accenture Interactive, falou sobre as batidas do coração como métrica e o futuro das interações humanas, além de ressaltar como elas servem de insights para profissionais da área a partir do momento em que as experiências humanas geradas deste contexto passam a ser um novo elemento para o marketing.

“A batida do coração é a mais efetiva, porque não consegue burlá-lo”, afirmou Eco. Ele reforça que “o batimento cardíaco influencia a forma de pensar já que existem dois níveis de percepção: exterocepção, quando você racionaliza, e a interocepção, quando você não tem controle sobre a emoção. Nós temos que balancear esses dois lados do corpo para acertar na comunicação, porque eles podem se conectar”, disse Eco.

Confira o primeiro episódio do Webinar Meio & Mensagem.

 

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Eco Moliterno

  • Inovação

  • criatividade

  • Webinar

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”