Kwai levará séries e novelas para o universo dos vídeos curtos

Buscar
Publicidade

Mídia

Kwai levará séries e novelas para o universo dos vídeos curtos

Com o formato Telekwai, plataforma exibirá dramaturgia no formato vertical, em episódios rápidos; ideia é trazer anunciantes para junto das produções

Valeria Contado
13 de abril de 2022 - 12h01

Wladimir Winter, diretor de conteúdo sênior do Kwai, diz que, atualmente, a maioria dos roteiros são produzidor por criadores nativos da plataforma (Crédito: Divulgação)

O Kwai anuncia nesta quarta-feira, 13, o lançamento do TeleKwai, formato de entretenimento que se baseia na dramaturgia brasileira, tendo como inspiração novelas e séries. Com mais de 1 bilhão de usuários no mundo, 45 milhões só no Brasil, e mais de 180 contas gerenciadas por agências, produtores de conteúdo e parceiros, a plataforma tem como objetivo principal fomentar e empoderar a cadeia de produção de conteúdo independente.

Para isso, o Kwai aposta em um formato vertical, de até dois minutos de duração, que traga reviravoltas durante a construção da história.

Nesse momento, tudo o que é produzido passa pela revisão e aprovação da plataforma, que orienta esses criadores, como explica o diretor de conteúdo sênior, Wladimir Winter. “Orientamos no sentido de fotografia, como faz a luz e posiciona os atores, para tentar empoderar essa cadeia de produção”, explica. O projeto tem um piloto sendo distribuído aos usuários há três meses, contando com produções como Distopia, Golpistas e Fala Comigo que trazem o ator Felipe Reis como protagonista, entre outras séries.

Durante esse período, com base nos dados que o Kwai analisa, a plataforma conseguiu identificar alguns padrões de comportamento e traçar estratégias que ajudassem esses produtores a construír melhor o roteiro. O diretor avalia que os primeiros segundos do vídeo são essenciais para prender a atenção dos espectadores, mas que a melhor forma de engajar é trazendo boas histórias.

Winter entende que a construção e conexão com um personagem forte é de extrema importância para a sobrevida da série. “As novelas fazem parte da cultura de entretenimento da dramaturgia brasileira. Tudo o que fazemos é pensar como adaptamos o conteúdo do cotidiano para um formato mais curto”, diz.

Não há um limite de episódios para as produções, mas por enquanto a plataforma tem trabalhado com uma média entre 10 e 20 capítulos. E por ser uma rede social de feed, o Kwai percebeu a dificuldade que os usuários enfrentavam ao se deparar com vídeos que possuem continuação, por isso, está testando uma ferramenta, desenvolvida em parceria com a matriz chinesa, que permite que os criadores coloquem seus vídeos de forma sequencial.

As histórias e as marcas

Outro aspecto importante que foi considerado pelo Kwai ao organizar o TeleKwai foi o relacionamento com os anunciantes e como trazê-los de forma orgânica para o conteúdo. Pensando nisso, a plataforma desenvolveu três formatos de patrocínio.

O primeiro está diretamente ligado aos conteúdos originais, em que a marca pode, de fato, endossar sendo uma série como patrocinadora. O head de sales, Ari Martire, avalia que para essa opção, o ideal é ter uma marca por série.

O segundo produto envolve a participação da empresa no conteúdo, de forma orgânica, em que ela possa interagir e até mesmo fazer parte dele. “A marca pode ter ações que trabalhem dentro da narrativa, e de fato, fazer parte da história, que pode ser ajustada”, diz o head.

Por último, um formato que se assemelha a um branded content, 100% criado e desenvolvido para aquela marca. Na visão de Martite, esse último tipo levará um pouco mais de tempo para chegar ao mercado, devido ao tempo de produção.

Até agora, não há nenhum projeto engatilhado, mas Martire explica que a equipe comercial já está trabalhando nisso. O executivo ressalta que o Kwai planeja trabalhar todos os formatos atendendo às necessidades de cada uma das marcas que considerem estar no projeto.

Comunicação e conexão

Para informar ao mercado e aos usuários da chegada oficial do TeleKwai, a plataforma procurou elaborar um plano de comunicação denso e dividido em fases. A campanha se apresenta como uma homenagem ao Vale a Pena Ver de Novo, da TV Globo, e foi produzida em parceria com a emissora, que licenciou a propriedade intelectual do programa, e toda a identidade visual.

A parte de filme traz uma trilogia que contempla três gêneros conhecidos dos brasileiros: as novelas mexicanas, com suas dublagens e cenografias; as sagas italianas, que usam como fontes de inspiração produções como Terra Nostra, e por fim, as novelas de época. Os três filmes foram produzidos pela O2 Filmes, e com a David sendo a agência responsável pela criação.

A head de marketing, Claudine Bayma, explica que o Kwai se juntou à David para apresentar uma campanha que, assim como as novelas, refletisse a cultura brasileira. “A marca se posiciona como uma marca que é a cara do Brasil. Buscamos que o ecossistema do Kwai converse com o brasileiro. Quando pensamos a campanha, pensamos na cultura do brasileiro”, diz.

Além disso, as peças terão desdobramentos para o ambiente digital, com estreia nesta quinta-feira, 14, e mídia out of home, com estreia nas próximas semanas.

Publicidade

Compartilhe

Veja também