Anitta fica careca em novo vídeo do iFood

Buscar

Comunicação

Publicidade

Anitta fica careca em novo vídeo do iFood

Desenvolvida pela AlmapBBDO, campanha inicia segunda fase após a participação de Rodrigo Hilbert

Luiz Gustavo Pacete
21 de agosto de 2017 - 6h53

Após transformar o apresentador Rodrigo Hilbert em Renilbert, em julho, o iFood estreia uma nova fase de sua campanha desta vez fazendo a cantora Anitta virar Pernitta, a mistura de Pércio com Anitta.

No vídeo, que estreou em TV aberta e internet no fim de semana, Anitta aparece careca em uma reunião empresarial. Na primeira fase, Renilbert era a mistura de Renan com Rodrigo. A construção dos personagens foi desenvolvida pelo caracterizador Westerley Dornellas e levou cerca de quatro horas.

Ao Meio & Mensagem, Arthur Santos, diretor de marketing do iFood, explica que o vídeo com a Anitta chegou a ser adiado em função do lançamento do clipe “Sua Cara”, em 18 de julho. “Decidimos que era melhor esperar para que a repercussão do clipe não ofuscasse a campanha”, diz o executivo.

“Apresentamos, nesta campanha, a assinatura ‘Para qualquer fome. iFood’. Com mais de 20 mil restaurantes cadastrados em nossa base, o iFood resolve a fome que for, de quem for, onde for e na hora que for, por mais específica que seja”, explica Arthur. Para as redes sociais, o próprio diretor de marketing da marca também participou de um vídeo em que ele contracena com o Rodrigo Hilbert.

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • almap

  • aniotta

  • campanha

  • ifood

  • publicidade

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”