Precisão em meio às transformações do mercado

Buscar

Brand Voice

APRESENTA

Precisão em meio às transformações do mercado

americanas advertising destaca-se na entrega de diferentes formatos de publicidade com soluções estratégicas baseadas em inteligência de mercado, comportamento de busca e navegação dos consumidores


18 de julho de 2022 - 12h07

Nos últimos anos, o varejo tem passado por grandes transformações, diante dos novos hábitos de consumo das pessoas. Cada vez mais conectados e com maior interesse em plataformas online para adquirir produtos e serviços, os usuários têm diversificado suas jornadas de compras, elevando, assim, os desafios às marcas, que buscam alternativas para impactar de forma eficiente seus públicos-alvo.

A retail media vem adaptando-se a esta nova realidade e ganhando espaço no mercado publicitário, com novos formatos, ações mais segmentadas e personalizadas, projetos que elevam a experiência do consumidor e uso de ferramentas inteligentes. Nos Estados Unidos, 25% dos varejistas receberam mais de US$ 100 milhões em receita de redes de mídia, em 2021, segundo dados da empresa norte-americana de pesquisa Forrester.

A estimativa é que a publicidade de mídia de varejo, no mercado mundial, cresça 31% este ano.

 

A Americanas Advertising reúne dados first-party de mais de 52 milhões de consumidores

O americanas advertising reúne dados first-party de mais de 52 milhões de consumidores

De olho no comportamento do consumidor
Atenta a esse movimento do setor, o americanas advertising — que abrange dados das marcas Americanas, Submarino, Shoptime e Ame — oferece aos anunciantes estratégias para gerar impacto no momento certo e atingir os objetivos de parceiros de marketplace, agências e indústria. Para tanto, a atuação da companhia na área abrange a oferta de soluções que contribuem desde a construção de marca até soluções focadas no aumento das vendas em si.

Essa expertise ocorre através de ferramentas com tecnologia própria, que utiliza dados de navegação, buscas, histórico de compras e outros, responsáveis por mapear todo o comportamento do consumidor para servir de base para a realização de ações mais assertivas. O uso dessas informações ocorre em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Além de ferramenta própria, o americanas advertising atua com uma estrutura de equipe dividida em áreas de marketing, negócios, dados, customer success e tecnologia que, integrada a todas as marcas da companhia, reúne dados first-party de mais de 52 milhões de consumidores, para elaborar projetos que otimizam resultados em diferentes segmentos do mercado.

“Essa inteligência de dados contribui para criação de estratégias mais eficientes, que geram mais performance de vendas e melhores resultados dos anúncios, possibilitando a exposição de marcas e produtos para a audiência certa, a partir do tráfego e comportamento de compra dos consumidores nos sites da Americanas S.A.”, afirma Thaís Freitas, coordenadora comercial do americanas advertising.

“A comunicação deve ser cada vez mais contextual para cada cliente”

Em uma sociedade cada vez mais conectada, quais os desafios para atrair a atenção dos consumidores e gerar maior performance às ações dos clientes?
Thaís Freitas, coordenadora comercial do americanas advertising – Entendendo que o mercado está cada vez mais conectado com a jornada do consumidor, a comunicação deve ser cada vez mais relevante e contextual para cada cliente. Por isso, nossas soluções unem a inteligência com os mais diferentes formatos que impactam o consumidor de diversas formas, via os seguintes formatos: lives (que unem conteúdo e venda); páginas de produtos, que detalham e esclarecem dúvidas; e hotsites. Esses formatos permitem a possibilidade de explorar fotos, vídeos demonstrativos e muito mais. A estratégia pode ir muito além do tradicional anúncio nativo nos e-commerces. Por isso, exploramos diferentes formatos com uma comunicação de venda mais leve e interativa.

 

Thaís Freitas, coordenadora comercial do Americanas Advertising

Thaís Freitas, coordenadora comercial do americanas advertising

Como o diferencial do americanas advertising em mídia no varejo é levado ao mercado?
Thaís – Temos um time de especialistas que entende a necessidade de cada parceiro, considerando a categoria em que ele está inserido, e, juntos, alinharmos as melhores soluções de publicidade no varejo, seja online ou off-line. Esses profissionais são especialistas em cada categoria do varejo e entendem a fundo o negócio de cada cliente, podendo gerar melhores entregas de marketing e pensando nas melhores soluções para cada desafio. Complementando a estrutura de atendimento aos nossos parceiros, o time de customer success gerencia as campanhas de acordo com cada necessidade. E vendedores parceiros do marketplace têm à disposição uma plataforma autogerenciável, onde podem criar e otimizar campanhas, além de acompanhar as métricas de cada grupo de anúncios criado. Além disso, contamos com ferramentas para criação de estratégias de marketing para clientes de agências de publicidade, com formatos exclusivos, que conectam anunciantes a audiências qualificadas, com acompanhamento de especialistas e relatórios completos.

Como o aumento das compras online impactou a atuação dos times de adsales?
Thaís – A pandemia teve um impacto significativo no comportamento dos consumidores e dos negócios. O mundo, o cliente e o papel das empresas mudaram. No varejo, milhões de consumidores migraram para as plataformas digitais, que tiveram que se adaptar rapidamente ao famoso novo normal, acelerando o processo de digitalização da experiência de compra. Nós sempre estivemos preparados para receber o consumidor e os parceiros da melhor forma possível. Com o crescimento do setor a partir de 2020, o cenário da publicidade no varejo e no e-commerce também cresceu, trazendo mais visibilidade ao negócio. O crescimento de 33% das vendas totais mostra que seguimos evoluindo na estratégia de multicanalidade, para aumentar a recorrência e oferecer a melhor experiência de consumo aos 52 milhões de clientes ativos. Isso também se dá pelo desenvolvimento de novas categorias, que antes não tinham destaque em volume de vendas no e-commerce, como a de CPG (bens de consumo), por exemplo. Assim, os profissionais de uma estrutura de adsales passam a ter um entendimento melhor do consumidor omnicanal e a se aprofundar ainda mais em novos formatos. Além de enxergar de forma mais ampla todo o processo de compra para poder sugerir soluções que, de fato, respondam a este novo cenário que muitas marcas ainda não estão tão familiarizadas. Com isso, sua atuação passará a ir além da venda propriamente dita, e atuará como um profissional consultor, que tem que ter uma visão de negócio muito maior que antes.

Online e off-line: uma comunicação 360º
A partir da inteligência de dados, as estratégias do americanas advertising voltadas à mídia de varejo visam a combinação entre ferramentas e formatos para uma mesma campanha. A comunicação pode ocorrer em diferentes contextos, tanto online quanto off-line. De acordo com a empresa, isso permite planejamentos de marcas mais eficazes, uma vez que a estrutura multidisciplinar apresenta soluções para todas as etapas da jornada de compra.

americanas advertising: hub de publicidade

Dessa forma, a atuação do americanas advertising vai em linha com as tendências do mercado. Segundo o estudo Criteo Google Announcement, realizado com mais de 900 profissionais de marketing em todo o mundo, 80% afirmaram acreditar que o acesso a dados first-party será fundamental para o sucesso do marketing digital, nos próximos anos.

“Por meio de um aumento no portfólio de formato com a aplicação de adtech e martech, disponibilizamos recursos tecnológicos e tudo que há no mercado de mídia integrado com formatos exclusivos”, aponta a coordenadora comercial do americanas advertising. Dessa forma, a atuação da companhia abrange mais de 4 bilhões em tráfego nas plataformas de venda (aplicativos, sites e lojas), o que faz da área um dos principais canais de publicidade do País.

Em busca da melhor experiência
Dentro dessa estrutura, Thaís destaca ainda quatro outros pontos básicos no processo de auxílio às marcas anunciantes: revisão de estoque, para estar abastecido e atender a alta demanda de pedidos sazonais; trade digital, com atualização de título, fotos e descrições dos produtos para que esteja bem categorizados; CPC competitivo, importante para fazer divulgações eficientes e aproveitar o tráfego qualificado dos marketplaces; e publicidade omnichannel, essencial para se comunicar em diferentes fases da jornada de compra do consumidor.

“Ao longo dos últimos dois anos, investimos fortemente em tecnologia, implantando diferentes features para melhorar a experiência e a usabilidade dos anunciantes dentro do nosso ecossistema de soluções de mídia. Dessa forma, garantimos que eles pudessem visualizar, da melhor maneira, os resultados gerados a partir de cada investimento”, afirma Thaís.

Publicidade

Compartilhe

Veja também