YouTube Works: conheça os finalistas

Buscar

Brand Voice

APRESENTA

YouTube Works: conheça os finalistas

Para reconhecer a eficiência da criatividade em vídeo como geradora de negócios, premiação chega à fase decisiva com a revelação dos indicados

Frames dos dez cases finalistas das cinco categorias do YouTube Works 2021. Um deles ainda levará o Grand Play (GP)



18 de junho de 2021 - 16h18

A segunda edição do YouTube Works, criado para celebrar a criatividade como motor fundamental do relacionamento bem-sucedido entre marcas e o público massivo da plataforma, bem como inspirar a indústria da comunicação, entra, agora, em sua fase decisiva. Foram anunciados os finalistas de cinco categorias (veja abaixo). Os vencedores serão conhecidos em cerimônia transmitida ao vivo no dia 29 de junho, às 17h, no canal do Google Para Empresas e também na homepage de Meio & Mensagem. Haverá ainda a disputa pelo Grand Play, o GP, prêmio mais cobiçado do evento.

Os últimos 12 meses dos anunciantes selecionados indicam um mesmo caminho: em um ano de pandemia, com cortes e restrições nos orçamentos de marketing, as marcas investiram em estratégias que uniram criatividade e inovação. “O maior desafio foi reaprender a trabalhar”, afirma Sérgio Gordilho, co-presidente e CCO da agência Africa, responsável pelo conceito criativo de dois cases finalistas, para Sadia e Ambev. “Esses dois casos foram de entretenimento e a indicação ao prêmio vem para coroar marcas que trouxeram coisas positivas nesse período”, avalia.

Nesse cenário, o YouTube foi um terreno fértil para experimentar novos formatos. Os indicados nas cinco categorias são exemplos práticos de como o alinhamento entre proatividade e objetivo de negócio traz resultados robustos às marcas.

O prêmio ilustra, também, como marcas que se atrelam a causas ganham destaque. No caso de “Bravoz”, de Bradesco, a união materializou-se em uma série produzida ao longo de um ano inteiro, que trouxe a história de 24 artistas negros e a relação deles com empreendedorismo. “Como resultado, transmitimos a mensagem de que arte e negócios andam juntos e têm uma potência única de inclusão e representatividade”, afirma Márcio Parizotto, diretor de marketing do banco.

Categorias criativas: agilidade e escala

Dentre as cinco categorias da segunda edição do YouTube Works, três são estreantes.

2020 Reaction aponta os melhores exemplos de respostas rápidas à crise global causada pelo novo coronavírus. Brand Building, por sua vez, busca reconhecer como o YouTube ajuda a gerar lifts de marcas, por meio de sua capacidade de escala, compreensão de audiências e possibilidades em soluções, independentemente do objetivo inicial da campanha. Por último, Strategy for Action, que premia os que souberam usar o formato, o conceito e a linguagem nativos do YouTube para gerar uma conversão.

A categoria Best Work With Creators foi suspensa na edição 2021, porque, segundo os critérios dos jurados, não foi possível identificar uma campanha que poderia surgir como referência ao mercado.

Confira todos os indicados:

Visibility and inclusion
Bradesco — Bravoz
O Encontro Bradesco de Vozes Brasileiras (Bravoz) teve como objetivo reunir artistas empreendedores. A cada mês, uma dupla era responsável por uma live, que buscou potencializar vozes negras que transformam a sociedade brasileira. Ao todo, foram 12 edições, com diferentes perfis da cultura afrobrasileira.
Vivo – Fábulas da Conexão
A campanha trouxe a pauta racial para o centro da comunicação da marca no YouTube, a partir do conceito de afrofuturismo. Para isso, construíram, em parceria com artistas e criadores negros, a série animada Fábulas da Conexão. Além dos capítulos centrais, a ideia teve desdobramentos em videoclipe musical e em um conteúdo para a televisão

Data driven
Google — GSA Learn Something
A campanha destacou o uso da plataforma como uma fonte de pesquisa de ações práticas do dia a dia – sejam elas aprender a tocar violão ou a fazer um nhoque de batata doce para toda a família. Sob o mote “Dá seus Google”, os filmes ajudaram a instruir diversas práticas que os brasileiros começaram durante o isolamento social causado pela Covid-19.
Dell — Youtube Brand Channel
Ao abordar assuntos de tecnologia de forma humana, a Dell reformulou seu canal no YouTube. Para isso, criou uma grade completa de vídeos com dois âncoras, os influenciadores Germano e Tainá. Eles fizeram unboxing e revisão de todos os produtos da fabricante e discutiram, ainda, diversos outros assuntos relacionados à inovação.

2020 Reaction
Brahma – Circuito Brahma live
Na categoria Reaction, o destaque do Circuito Brahma Live foi a capacidade de reação da marca a um cenário inteiramente novo de entretenimento musical online. Para isso, o anunciante conseguiu, com efetividade, utilizar o core sertanejo como alicerce para a descoberta de novas oportunidades em momentos de crise.
Chevrolet — Live feirão Chevrolet
Com a pandemia, a Chevrolet precisou levar o tradicional Feirão de Fábrica para o mundo virtual. Assim, nasceu o Live Feirão Chevrolet. Sediado no YouTube, o desafio do formato era manter o perfil familiar do momento de compra do carro. O principal evento de vendas da marca no ano garantiu a comercialização de 3.200 carros e envolveu mais de 500 concessionárias.
Banco do Brasil — Valorize seu talento
Como forma de incentivar a geração de conteúdo, o Banco do Brasil lançou a campanha Valorize Seu Talento. Nela, clientes em débito com a instituição financeira gravaram tutoriais e enviaram ao banco. Após seleção interna, o time de marketing incluiu os melhores no YouTube da marca e pagou as dívidas desses clientes, a partir da monetização do conteúdo dentro da plataforma.

Brand Building
Brahma — Circuito Brahma live
Em 2020, a marca reinventou sua plataforma de shows de sertanejo para um circuito completo de lives durante a pandemia. Com isso, conseguiu mais de meio bilhão de visualizações, no YouTube, e garantiu um aumento de 250%, nas menções à marca nas redes sociais, quando comparado ao mesmo período do ano anterior.
Doritos — Doritos Wasabi
Para o lançamento do Doritos Wasabi, uma edição limitada, a marca recorreu ao YouTube, com filmes de 60, 15 e seis segundos, todos narrados e titulados em japonês, e com referências nipônicas – como os mangás. A narrativa da campanha não depende da compreensão da língua, mas a legenda, em português, é complementar ao vídeo.
Sadia — Mac’n cheese Sadia
Para o lançamento do novo produto da marca, foi necessário aproximar-se do público jovem. A campanha tinha como objetivo mostrar que coisas incríveis podem acontecer em cinco minutos – o mesmo tempo necessário para fazer um Mac’n Cheese Sadia. A série de filmes conquistou o primeiro lugar nas categorias Lançamento e Construção de Marca do Brand Lift, realizado pelo Google.

Strategy for action
Chevrolet — Live feirão Chevrolet
Na categoria, o destaque da Live Feirão Chevrolet foi conseguir construir, dentro do YouTube, todo o funil de conversão de um segmento, tradicionalmente, dependente da venda física. Para isso, a estratégia contou com três etapas: pré-lead, direcionada para o cadastro no evento; divulgação ampla do Feirão; e, por último, toda a audiência das fases um e dois foi acionada em uma estratégia de retargeting, nos dias do evento.
Banco do Brasil — Valorize seu talento
A campanha obteve destaque na categoria, após aproveitar o formato de monetização dos criadores da plataforma como uma frente de relacionamento entre o banco e seus devedores. Com isso, conquistou 3 milhões de acessos, em 15 dias, e gerou, ainda, R$ 600 mil, que foram usados para o pagamento de dívidas dos clientes.
Americanas – 11/11
Para trazer ao Brasil o Dia dos Solteiros – a maior data do varejo mundial, originalmente criada com foco no mercado interno chinês –, a Americanas lançou o seu próprio 11/11. No projeto, diversas personalidades nacionais divulgaram, em lives no YouTube, as principais ofertas e produtos que contariam com os descontos da data.

Publicidade

Compartilhe