Qualquer coisa vira anúncio

Buscar

post patrocinado

Por

Qualquer coisa vira anúncio

Formatos que saíram do óbvio e a mídia do momento no exterior.


1 de julho de 2024 - 0h00

Conhecemos bem a propaganda feita em outdoors, comerciais de TV, rádio, relógios de rua e meios digitais. Ela tem um papel fundamental na comunicação, mas, quando uma boa campanha foge dos formatos tradicionais, tem potencial de sair da bolha publicitária e brilhar os olhos dos consumidores. Para Rico Mendonça, CCO da Bullet, “As conexões mais genuínas com os consumidores vêm de onde menos se espera. Fora dos territórios, plataformas e canais tradicionais, descobrimos infinitas possibilidades de inovação. Onde justamente as marcas têm encontrado mais consistência para expressar seu propósito”.

Na edição #13 do PromoLikers, mostramos ideias que fugiram das mídias óbvias e, de quebra, vamos conhecer o retail media, uma nova forma de anunciar que está moldando o cenário lá fora.

Marcas que comunicaram diferente

As novas mídias deram uma repaginada na forma de fazer propaganda. Além de comunicar os benefícios de um produto, elas oferecem mais interatividade, personalização, storytelling e engajamento entre marcas e consumidores. Sem se prender a formatos de mídia, a Corona solucionou um problema de vendas de forma que tocasse o coração do fã de futebol. Confira:

Num outro momento, a mídia utilizada pela Corona foi… janelas. A ação possibilitou que diferentes estabelecimentos alugassem suas janelas com as melhores vistas do pôr do sol. Em troca, uma intervenção da marca e o fornecimento de cervejas para seus clientes.

Aqui, a Coca-Cola cativou moradores da Zona Sul de São Paulo completando as marmitas da Tia Nice durante a pandemia.

A mídia pode estar em todo lugar. Muito se fala sobre a importância e o potencial de comunicar para comunidades, por isso o Novo Outdoor Social (NÓS) expandiu suas soluções de DOOH em 12 comunidades periféricas de São Paulo e do Rio de Janeiro. Foram instaladas 100 telas, aumentando em 400% a presença de DOOHs na região.

Grupo NÓS expande telas DOOH em periferias de São Paulo e Rio

Como você reagiria vendo um streamer se tornando um gigante da mídia? O influenciador digital e jornalista Casimiro, que faz lives comentando conteúdos variados na internet, vai transmitir as Olimpíadas de Paris com a CazéTV e o patrocínio pode chegar a R$ 11 milhões, valor semelhante a algumas cotas do Big Brother Brasil.

Se é tendência lá, logo tá bombando aqui

Junto disso, uma nova estratégia de mídia para alavancar as vendas é o retail media, que vem crescendo muito no exterior e, em resumo, é o e-commerce atuando como canal de publicidade. Grandes varejistas on-line, como Mercado Livre, Amazon, Walmart e Alibaba, transformaram seus sites em redes de mídia, permitindo que outras marcas anunciem diretamente aos consumidores enquanto fazem compras. O retail media aproveita dados detalhados de consumo para segmentação mais precisa: o anúncio é mais relevante num timing mais adequado. Além disso, a possibilidade de conversão é maior, se pensar que quem está no e-commerce já tem intenções de fazer uma compra.

Por hoje é só. Acompanhe o @promolikers_bullet e fique por dentro das novidades da indústria criativa. Até a próxima.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • OOH! WOW! OMG!

    OOH! WOW! OMG!

    Cases de mídia externa que surpreenderam e foram muito além, entrando com tudo na conversa do público

  • O sonho do viral próprio

    O sonho do viral próprio

    Campanhas inovadoras que conquistaram o mundo fazendo o que toda marca quer: viralizar.