Design thinking: uma abordagem de empatia para o marketing

Buscar

post patrocinado

Por Digital Land

Design thinking: uma abordagem de empatia para o marketing


20 de abril de 2018 - 12h45

Para novos tipos de problemas, novos tipos de abordagens para resolução. A frase que abre este artigo pode sintetizar a complexidade que estamos vivendo atualmente no mundo e como deveríamos atuar para encontrar as melhores soluções possíveis. Se os problemas são outros, porque seus métodos sãos os mesmos?
“Na época da Revolução Industrial, os desafios eram mais concretos e definidos, muitas vezes, imutáveis. O pensamento analítico teve sua relevância para aquele momento. No mundo atual, com a tecnologia, a digitalização e os novos comportamentos decorrentes deste processo, o ambiente é completamente imprevisível e complexo, não linear, com sobrecarga de informações, dados, e com prazos cada vez mais apertados para resolução de problemas”, avalia Renato Castro, diretor da Digital Land.
Entre as diversas ferramentas que surgem para auxiliar neste processo, surgiu o Design Thinking. Originada nos Estados Unidos, e popularizada no segmento de startups, essa metodologia parte do design voltado às pessoas para descobrir insights e oportunidades em meio às diferenciadas e complexas questões atuais. Um novo ponto de vista centralizado em descobrir os “porquês” e não nos “comos”, trazendo descobertas muito mais profundas, que possivelmente não seriam encontradas em uma abordagem tradicional. Em diversas indústrias, muitas empresas líderes de seus mercados vêm utilizando os princípios do design thinking com sucesso em suas estratégias de negócios e inovações.
No recorte do marketing, ela ganha ainda mais sentido. “Descobrir o que os consumidores realmente fazem, dará poder para as organizações não só compreenderem o presente, mas antecipar o futuro e, assim, alinhar essas necessidades ao seu modelo de negócios, ou até mesmo, em alguns casos, mudá-lo completamente”, avalia Castro. As empresas que implementarem este mindset em meio à transformação digital que estamos vivendo, sairão na frente. Com ele, as estratégias de marketing que guiarão o negócio para a conquista de um objetivo real serão cada vez mais assertivas.
Incorporar o Design Thinking à estratégia é premissa, mas não pode ser feito por profissionais sem conhecimento sobre a metodologia. Por isso, a Digital Land, preparou um e-book gratuito sobre Design Thinking aplicado ao marketing, que oferece conteúdo aprofundado sobre o tema. Baixe o seu aqui e se desejar entre em contato para conversar sobre o assunto.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Renato Castro

  • Digital Land

  • marketing

  • Startups

  • design thinking

  • insights

  • pensamento analítico

  • mindset