E-goi lança serviço personalizado para integrar vendas físicas e digitais das marcas brasileiras

Buscar

post patrocinado

Por

E-goi lança serviço personalizado para integrar vendas físicas e digitais das marcas brasileiras

Com foco no mercado das grandes empresas, E-goi Digital Solutions oferece ecossistemas de vendas integrados, feitos à medida para cada marca

E-goi Digital Solutions fala sobre as queda das fronteiras entre o e-commerce e as lojas físicas



17 de fevereiro de 2021 - 16h07

Unificar as experiências de venda online e offline, com soluções personalizadas. Essa é a proposta da E-goi Digital Solutions, nova marca da empresa de automação de marketing E-goi, que é líder no movimento phygital, no qual o ecossistema de vendas físico e digital se torna um só. Para 2021, a empresa portuguesa apostou na integração personalizada entre os dois ambientes, pensando nas grandes marcas. “Entendemos que as empresas investem na inovação para aprimorar a experiência de compra do cliente. Por isso, unimos a nossa experiência de mais 20 anos na automação de marketing multicanal, nos trabalhos com mais de 600 grandes empresas espalhadas pelo mundo, para desenvolver softwares de integração que atendam às necessidades de cada marca, com uma equipe totalmente dedicada”, explica o Head of Global Sales da E-goi, Ernesto Ferreira.

E-goi Digital Solutions oferece ecossistemas de vendas integrados

Grandes empresas internacionais como Nespresso, Leroy Merlin e Massimo Dutti estão no portfólio de clientes que utilizam as ferramentas de automação da E-goi. O processo capta o comportamento na jornada de compra online e offline, centralizando as informações, para gerar insights sobre o consumidor. As percepções são posteriormente utilizadas para otimizar a forma como as marcas se comunicam com os clientes, fidelizando essa interação.

“O ano de 2020 apagou definitivamente as fronteiras existentes entre o e-commerce e a loja física. O cliente entra em contacto com a marca em momentos e canais diferentes e a missão das empresas é acompanhá-los de forma personalizada em todos os momentos. Para isso, é necessário um sistema centralizado que integre todas as entradas do cliente, para se comunicar com ele da forma mais eficaz possível. Em um país tão grande como o Brasil, essa necessidade é ainda maior. O cliente tem que se sentir em casa em qualquer uma das lojas da marca, seja online ou física”, explica Ernesto Ferreira, que é Head de Global Sales da E-goi, empresa portuguesa de automação de marketing com atuação em milhares de marcas brasileiras e em mais de 40 países.

Segundo o Head of Global Sales da E-goi, a pandemia da Covid-19 transformou o fenômeno phygital em uma necessidade, quando as experiências dentro das lojas passaram a exigir o menor contato físico possível. Contudo, o ponto de venda ainda segue com um papel importante. “Imagina que o cliente entrou no site, navegou mais de 10 minutos, mas saiu sem comprar. No dia seguinte, ele passa em frente à loja física e recebe um SMS com um voucher de desconto nos produtos que ele estava interessado. Ao entrar na loja, o cliente ainda recebe uma notificação de outros produtos que podem lhe interessar, baseado na inteligência artificial e na pesquisa online dos dias anteriores. A compra pode ser efetuada ainda por um aplicativo, concluindo a experiência cross-selling. São benefícios para os clientes e para as marcas, que conduzem à fidelização”, afirma.

Premiada em 2019 pela Revista Exame Informática com o prêmio Fast Mover em Portugal, a E-goi recebeu o reconhecimento por ser uma das empresas que mais cresceram em número de colaboradores e está entre as 100 melhores para trabalhar. Mais de meio milhão de utilizadores acessam a tecnologia da empresa portuguesa, que está disponível em mais de 40 países.

Publicidade

Compartilhe