Pinterest Presents: positividade e futuro

Buscar

Brand Voice

APRESENTA

Pinterest Presents: positividade e futuro

Evento destaca nova fase do Pinterest no Brasil e ressalta a força de marcas e criadores dentro da plataforma

Em 12 de maio, as lideranças globais e regionais do Pinterest celebraram a chegada do Pinterest Ads no Brasil



7 de maio de 2021 - 19h34

Em 12 de maio, as lideranças globais e regionais do Pinterest reuniram-se, virtualmente, para celebrar a chegada ao Brasil do Pinterest Ads, serviço voltado para a comercialização de anúncios.

Por meio do evento Pinterest Presents, anunciantes, agências e criadores de conteúdo puderam entender melhor a visão do Pinterest sobre o futuro da rede social e suas possibilidades comerciais. O encontro ressaltou a força do mercado nacional e dos mais de 46 milhões de usuários mensais da plataforma no País.

Positividade e futuro
Para os executivos do Pinterest, o segredo e a vantagem competitiva da empresa são baseados em dois comportamentos nativos dos usuários dentro do universo da plataforma: positividade e futuro. Isso faz com que, segundo uma pesquisa da Comscore, 80% dos brasileiros que usam a plataforma tenham mais probabilidade de lembrar, ter uma opinião positiva, confiar e comprar marcas quando estão se sentido otimistas.

E o Pinterest é um oásis virtual. A rede não é e nem pretende ser um lugar aonde as pessoas vão para se informar sobre a notícia que acaba de ser anunciada no plantão urgente. Pelo contrário: é uma plataforma na qual se busca um respiro da correria e das preocupações acumuladas do dia a dia. Essa positividade é, cada vez mais, valorizada quando se leva em conta o contexto de inserção de uma marca.

Além disso, o conteúdo que prospera organicamente é aquele relacionado à inspiração e ao planejamento do futuro. E é na busca por essas referências que é possível conquistar os consumidores. A maioria das pesquisas do Pinterest, em torno de 97%, não é relacionada às marcas, apesar de ser sobre produtos e serviços.

Inspiração na tela
O CEO da plataforma, Ben Silbermann, narra a amplitude das possibilidades desse formato. “As redes sociais são feitas para você se conectar com outras pessoas. Já o Pinterest se trata de se conectar consigo mesmo”, afirmou o executivo, durante o Pinterest Presents.

A relação traduz-se em números. Globalmente, somente no ano passado, as categorias Casamento e Viagem conquistaram mais de 11 bilhões de Pins – dentro do Pinterest, essa é a forma de salvar conteúdo e criar sua própria curadoria sobre um tema. Esse número é ainda baixo se comparado com a categoria Decoração, que, sozinha, conquistou 16 bilhões de Pins, apenas em 2020.

Além disso, para cerca de 66% do total de pessoas presentes na rede social, categorias como Culinária e Restaurantes são um interesse declarado. ‘Receitas saudáveis’ e ‘lanche da tarde’ figuraram entre as pesquisas mais frequentes de 2020. “Essa paixão pela cozinha não para por aí”, afirma Bruna Toni, líder de marketing do Pinterest para a América Latina. “No ano passado, uma das principais pesquisas no Brasil foi ‘cozinha planejada’, por exemplo”.

No Brasil, a chegada da possibilidade de compra de mídia dentro da plataforma deve impulsionar ainda mais a presença das marcas que conversam com os usuários.

“No Pinterest, os anúncios são parte da resposta que as pessoas estão buscando. Essa conexão é muito poderosa. No fim das contas, na publicidade retornar relevância é garantia de melhores resultados”, afirma André Loureiro, gerente geral do Pinterest para a América Latina.

Pinterest é para todos

No Brasil, os mais de 46 milhões de usuários do Pinterest salvaram três bilhões de Pins, no último ano. Segundo um estudo da ComScore, metade das mulheres brasileiras com acesso à internet usam o Pinterest. Entre as mães, esse número salta para 60%.

Porém, isso não significa que o Pinterest seja apenas para o público feminino – os homens formam o segundo grupo populacional que mais cresce dentro da plataforma. Em 2020, o número de usuários únicos mensais do gênero masculino cresceu 24%, em comparação com o ano anterior. Essa taxa só perde para os usuários da geração Z, que cresceram 26% no mesmo período.

Branding: estratégia virtuosa
Alguns anunciantes com uma conexão clara com a plataforma já vêm conquistando espaço entre os usuários mesmo que de forma orgânica.

Durante o evento, Ana Luiza McLaren, CEO do Enjoei, destacou que a construção de uma marca sólida foi essencial para o sucesso comercial do e-commerce de moda.

“A gente precisa diferenciar as mídias e trabalhar de acordo com cada uma delas”, afirma a executiva. “Quando anunciamos, precisamos procurar um formato que seja um complemento ao conteúdo que o usuário está buscando e não algo intrusivo”, finaliza. No Pinterest, a marca possui um perfil com mais de 100 mil seguidores.

Território fértil para a criação
Os criadores são essenciais para o Pinterest. Eles divulgam suas tendências favoritas e ressignificam a palavra influência no mercado da mídia digital. Um dos maiores destaques da plataforma, com cerca de 1,8 milhão de seguidores, é a apresentadora Ana Maria Braga, do Mais Você, programa exibido diariamente na Globo.

Durante o Pinterest Presents, ela reafirmou a necessidade de ser capaz de contar histórias para os mais diferentes públicos e, ainda assim, saber ouvir o retorno dos seguidores.

“A criatividade do brasileiro é algo que sempre pude receber em relação ao que eu fazia. Agora, essa comunicação está muito mais perto da gente”.

Publicidade

Compartilhe