A corrida do marketing por inteligência de dados

Buscar
bg_everything-possible---shutterstock

Brand Voice

APRESENTA

A corrida do marketing por inteligência de dados

Plataforma da Tail permite organizar, transformar e enriquecer informações, identificando perfil único do cliente e ampliando resultados

CDP ajuda as empresas a armazenar, organizar e enriquecer, em um único lugar, todas as informações que possuem de seus clientes

CDP ajuda as empresas a armazenar, organizar e enriquecer, em um único lugar, todas as informações que possuem de seus clientes



20 de outubro de 2021 - 0h00

A busca pelo uso sofisticado de dados exige soluções de ponta e práticas de excelência. A boa compilação de informações é estratégia crucial para as organizações que almejam excelentes resultados de performance, ainda mais diante da profusão cada vez maior de dados. Pouco conhecida no Brasil, a ferramenta Customer Data Platform (CDP) ajuda as empresas a armazenar, organizar e enriquecer, em um único lugar, todas as informações que possuem de seus clientes, sejam de fontes online ou off-line.

“A Tail CDP é diferenciada por combinar todas as funcionalidades esperadas de qualquer plataforma global, com os insights dos dados locais que só nós conseguimos ter aqui no Brasil”, afirma Cristiano Nobrega, cofundador e CEO da Tail, empresa de inteligência de dados para marketing, com diversas soluções de big data centradas no consumidor.

Transformação e performance de excelência

A Tail foi parceira de um dos principais grupos de varejo do Brasil para criar um projeto de big data que manipulasse e unificasse dados, de forma inteligente e automatizada, a fim de trazer insights estratégicos para a empresa. A companhia tinha entre suas informações próprias mais de 80 variáveis de gestão de relacionamento com o cliente, quatro sites e dados das lojas físicas e de estoque. Para turbinar suas análises, havia a demanda de incluir fontes externas, como informações de mercado, comportamentos de usuários na internet e dados declarados de pessoas físicas. A Tail propôs um hub que combinou a CDP a plataformas de gerenciamento de dados e de consentimento de uso e coleta de cookies, em conformidade com as leis de proteção de dados.

Entre diversos resultados, a solução com CDP foi capaz de receber mais de 3 mil arquivos com dados da companhia por mês, o que permitiu armazenar mais de nove terabytes; atualizar mais de 9 mil regras de negócio; rodar mais de 20 instruções automáticas, desde padronizar a formatação de dados até identificar quais clientes compram em mais de um canal da companhia; além de proporcionar uma visão omnichannel e cruzada para cada cliente.

CDP é tendência para 2021
Ao listarem tendências digitais para 2021, tanto o relatório da eMarketer quanto a revista Forbes apontaram a CDP como crucial e relevante para as marcas neste ano, pois possibilita uma integração poderosa de dados e a criação de uma visão única do cliente. Em agosto de 2020, uma pesquisa do Advertiser Perceptions mostrou que 89% dos tomadores de decisão de marketing tech dos Estados Unidos disseram que as Customer Data Platforms melhoraram suas vendas online, enquanto 92% afirmaram que ampliaram o retorno sobre o investimento.

Diante de tantas soluções envolvendo o uso de dados, é importante que o profissional de marketing fique atento para as finalidades de cada recurso. “Há uma sopa de letrinhas no mercado e muitas soluções podem ser, inclusive, complementares. A CDP destaca-se por usar dados de múltiplas fontes para criar uma visão 360º dos consumidores e entender melhor o seu perfil, além de resolver o respectivo identificador único que persista ao longo do tempo. Ela pode trabalhar, por exemplo, de forma complementar a uma DMP (Data Management Platform), que está mais focada somente nos dados online, especialmente os de navegação na internet”, diz o CEO.

Solução completa e inovadora
A plataforma coleta e armazena, em um único data lake, todos os dados dos clientes de uma organização, provenientes de vários canais. Isso facilita a unificação de informações e a criação de personas. E por meio de algoritmos de machine learning é possível criar análises sob medida. Assim, surge o tão buscado “Golden Record”, jargão que representa o melhor registro único do cliente, de forma completa e robusta, essencial para o melhor relacionamento com os consumidores da marca.

“Não basta integrar dados de diversas fontes e canais. É preciso organizar, transformar e enriquecer, fazendo cruzamentos inteligentes que resultem em estratégias de impacto. Se a empresa tem dados acessíveis e minimamente organizados, mas sente dificuldade de geri-los e interpretá-los, a CDP é a saída para um salto no conhecimento, relacionamento e encantamento do cliente”, explica o CEO da Tail, que foi adquirida pela Totvs no fim do ano passado.

Também é uma ótima opção para empresas com mais de um canal de relacionamento com usuários, como redes sociais, call center, sites e aplicativos. Ao centralizar as informações e ao reunir os dados de um mesmo usuário, cria-se um perfil completo e 360° de cada cliente da empresa, o que aperfeiçoa o entendimento de seu comportamento e o planejamento de ações personalizáveis e multicanais. A solução pode, inclusive, detectar automaticamente dados pessoais e trazer a opção de anonimização, auxiliando na conformidade com as leis de privacidade e proteção de dados.

 

Os sócios da Tail (da esq. à dir.): Cristiano Nobrega, Paulo Planet, Fabiane Nardon e Fernando Babadopulos

Os sócios da Tail (da esq. à dir.): Cristiano Nobrega, Paulo Planet, Fabiane Nardon e Fernando Babadopulos

Com interface amigável, profissionais de diversas áreas da empresa, como marketing, vendas e atendimento ao cliente, podem aproveitar os benefícios da CDP. “A CDP da Tail é a solução de inteligência de dados para marketing mais completa do Brasil, com estratégias para múltiplos canais, data driven e centradas no consumidor. Somos especialistas e estamos alinhados às práticas internacionais bem – sucedidas, além de oferecermos insights únicos do consumidor brasileiro, devido à integração com fontes de dados locais exclusivas. A plataforma é fundamental não só para anunciantes, mas também para veículos e agências. Também é possível desenvolver algoritmos próprios sobre a plataforma e combiná-la com o uso de outras soluções”, declara Nobrega.

Será que a CDP se adequa à sua empresa?

*Crédito da imagem do topo: shutterstock

Publicidade

Compartilhe