Sua excelência: o cliente

Buscar
BG - Uol

Brand Voice

APRESENTA

Sua excelência: o cliente

UOL divulga estudo com os principais insights para o Dia do Consumidor, celebrado neste dia 15

  • Segundo dados do UOL, mais da metade das pessoas possui interesse em comprar algo no Dia do Consumidor

    Segundo dados do UOL, mais da metade das pessoas possui interesse em comprar algo no Dia do Consumidor

Slideshow


7 de março de 2022 - 0h00

O Dia do Consumidor, celebrado em 15 de março, já é considerado um dos principais eventos comerciais do primeiro semestre: no ano passado, a data registrou um faturamento de mais de R$ 3,2 bilhões — segundo dados do Movimento Compre & Confie, obtidos com exclusividade pelo UOL.

A definição de uma estratégia de vendas efetiva para o evento, entretanto, precisa ser pensada para muito além de um único dia. Depende do conhecimento profundo sobre como o consumidor se comporta no período, com promoções e descontos que duram por, pelo menos, uma semana.

Motivação à compra
A fim de dar um melhor embasamento aos planos comerciais das marcas, há quatro anos, o UOL indica as principais características da data e traz à tona insights para que os varejistas de todos os tamanhos possam atrair e reter clientes. Neste ano, a pesquisa “Dia do Consumidor 2022” revelou um marco: pela primeira vez, desde o início do levantamento, mais da metade dos entrevistados (56%) declarou interesse em comprar algo no período. Entre o público do UOL, essa taxa é ainda maior: sete em cada dez consumidores que acessam a plataforma pretendem adquirir produtos na data.

O fator decisivo para a compra segue o mesmo de anos anteriores: o desconto. Para 92% dos entrevistados, o percentual do corte no preço final do produto influencia a decisão de efetivar o desembolso ou abandonar o carrinho.

O consumidor chega à data já escaldado. Entre os que pretendem realizar alguma compra durante o Dia do Consumidor, 95% afirmam que pesquisarão os preços com antecedência — no público UOL, esse índice chega a 98%. No início de fevereiro, metade desse grupo já havia começado a busca e 25% disseram que engajariam na pesquisa com um mês de antecedência. Há duas semanas do Dia do Consumidor, a previsão era de que essa taxa fosse de 14%, mesma porcentagem estimada para os sete dias anteriores à celebração.

Atenção: em uma loja online, 63%  dos entrevistados afirmam que o frete grátis é determinante. Assim como o cashback, que se tornou essencial na hora da conversão na loja online — mais importante que prazo de entrega, por exemplo. Veja mais no gráfico abaixo.

Dia do consumidor: Insights para atrair e reter clientes

Dia do consumidor: Insights para atrair e reter clientes

Dia do consumidor: Insights para atrair e reter clientes

UOL: Integração, protagonismo e resultados são diferenciais da plataforma

Com a popularização do Dia do Consumidor, o UOL é o parceiro ideal para conectar uma marca a milhões de pessoas, por meio de conteúdo de qualidade e soluções multiplataforma. A serviço dos anunciantes, a empresa está à frente de uma tríade composta por exposição de mídia; branded content; e apoio editorial.

Com o pacote de mídia que já é tradicional do UOL, os clientes podem fazer uso da força que há no principal publisher de conteúdo da população brasileira, segundo dados da Comscore. O pacote exclusivo do Dia do Consumidor já é comercializado há seis anos, com alta de faturamento, ano após ano, na casa dos dois dígitos.

 

No programa semanal Otalab, pode-se criar projetos de branded content

No programa semanal Otalab, pode-se criar projetos de branded content

Já em branded content, o objetivo inclui aproveitar os talentos que fazem parte do universo UOL. Entre eles, está o apresentador Otaviano Costa, à frente do programa semanal Otalab. Nele, é possível criar projetos que vão de estratégias de reconhecimento de marca até live commerce. No ano passado, o programa deu apoio à estratégia de divulgação do aplicativo das Lojas Americanas. Outro ativo relevante para a estratégia de branded content do grupo é o Tilt Lab Day, focado em listagens de produtos de tecnologia que estão em alta. Nele, os varejistas podem entrar como parceiros de conteúdo.

Por sua vez, na área de apoio editorial, a equipe de jornalistas do UOL realiza uma cobertura focada nas oportunidades do Dia do Consumidor. Há comparativo de preços, listas de melhores compras e acompanhamento de ofertas na home do UOL — principalmente, sob a aba do Tilt, vertical de Tecnologia do UOL.

Marcel Rodrigues, head de varejo do UOL: “o nosso público é shopper”

Marcel Rodrigues, head de varejo do UOL: “o nosso público é shopper”

“O ponto forte do nosso projeto é que a intenção de compra do público UOL é sempre maior do que a observada no resto da população. O nosso público é shopper. Há uma oportunidade muito grande para que as marcas trabalhem o Dia do Consumidor com a gente nas estratégias de awareness e consideração, isso fará total diferença no lower funnel”, destaca Marcel Rodrigues, head de varejo do UOL.

Como resultado dessa estratégia, a plataforma vendeu 100% das cotas relacionadas ao Dia do Consumidor, em 2022. Dentro da vertente de varejo do UOL, a data já é a segunda maior fonte de faturamento publicitário, atrás apenas da Black Friday.

As categorias mais desejadas
Nas categorias mais desejadas, quatro são destaque: “Alimentos”; “Moda e Acessórios”; “Cosméticos e Perfumaria”; “Casa e Decoração”. Há, ainda, uma divisão por gênero que altera o cenário. Entre as mulheres, a categoria “Cosméticos e Perfumaria” lidera a intenção de compra, com 43% — seguida por “Alimentos e Bebidas” (41%) e “Moda e Acessórios” (40%). Entre os homens, “Eletrônicos” é a categoria mais desejada, com 30% de intenção de compra. Em segundo lugar, estão empatadas “Informática”, “Telefonia” e “Alimentos” (29%).

Os dados refletem na preferência por produtos e serviços com um tíquete médio menor, em comparação com a Black Friday, quando, entre o público geral, “Smartphones” lidera junto com “Eletrônicos” e “Eletrodomésticos”.

“Em relação à Black Friday, o Dia do Consumidor é uma data com categorias mais do dia a dia. É uma data mais de oportunidade do que de planejamento”, afirma Bruna Aguiar Barroso, coordenadora de pesquisa de mercado do UOL.

“O Dia do Consumidor é uma data mais de oportunidade do que de planejamento”, afirma Bruna Aguiar Barroso, coordenadora de pesquisa de mercado do UOL

“O Dia do Consumidor é uma data mais de oportunidade do que de planejamento”, afirma Bruna Aguiar Barroso, coordenadora de pesquisa de mercado do UOL de pesquisa de mercado do UOL

Neste ano, o estudo apontou que os consumidores pretendem diversificar um pouco mais. Em 2021, a média de categorias por consumidor foi de 3,2 e, agora, são 3,4. Quatro em cada dez consumidores afirmam estar dispostos a gastar mais de R$ 400 nas compras.

Para completar a cesta, o consumidor deve interagir com, em média, quatro lojas diferentes. Os líderes em intenção de compra são varejistas brasileiros, mas há duas estrangeiras  entre as cinco mais buscadas — Shopee (em terceiro lugar) e Amazon (na quinta posição).

Direito dos consumidores pelo mundo
O Dia do Consumidor é uma celebração internacional que teve início em 1983. A data busca dar apoio e visibilidade aos direitos dos consumidores, em todo o mundo. A inspiração para o marco veio do então presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy (foto abaixo), que, no dia 15 de março de 1962, deu um discurso ao congresso do país, em que defendeu a existência do direito dos consumidores. Foi o primeiro chefe de estado a abordar o tema e o discurso  é considerado um marco na consolidação da defesa dos consumidores.

Agora, uma entidade internacional concentra a festividade. A Consumers International reúne mais de 200 grupos de ativismo, de cerca de cem países. Anualmente, a entidade define o tema para a celebração. Nas últimas edições, as prioridades ESG (Governança Ambiental, Social e Corporativa) dominaram a pauta. Em 2020, o mote para a edição foi “O Consumidor Consciente”. No ano seguinte, o foco foi a redução da poluição causada pelo descarte incorreto de plástico e seus derivados.

Já em 2022, o objetivo é promover o acesso ao sistema financeiro digital, de maneira justa, a todos os consumidores. A entidade estima que o sistema bancário digital deve absorver 3,4 bilhões de consumidores, até 2024.Para que a evolução do sistema adote uma postura justa e focada nos direitos e necessidades dos consumidores, afirma a entidade, é necessário que haja uma “abordagem coordenada, global e colaborativa em prol desses novos clientes”.

Consolidação da data e da jornada omnichannel
Dois fenômenos explicam o crescimentodo Dia do Consumidor entre o público brasileiro, nos últimos 12 meses. Em primeiro lugar, cada vez mais pessoas conhecem o evento. Isso faz parte de um esforço da indústria em divulgar e consolidar a data, no Brasil. No ano passado, 22% dos entrevistados afirmaram que não comprariam nada no Dia do Consumidor, simplesmente por não saber que a data existia. Agora, essa taxa caiu para 17%.

Ao mesmo tempo, a retomada econômica deu fôlego ao setor varejista, que observa o consumidor deixar a cautela excessiva de lado após pelo menos dois anos de incertezas geradas pela pandemia. Em 2021, a contenção de gastos foi o motivo apresentado por 37% dos entrevistados que deixaram de comprar produtos no Dia do Consumidor. Esse número recuou quatro pontos percentuais, em 2022. Um reflexodessa movimentação é que 54% dos respondentes afirmam esperar que a própria situação financeira seja melhor neste ano, em comparação com o ano passado. Apenas 11% dizem acreditar que será pior.

Outra tendência que a retomada econômica deve consolidar no Dia do Consumidor deste ano é o padrão omnichannel do comportamento de compra dos clientes. Com o sucesso da campanha de vacinação, mais pessoas voltam às lojas físicas — ainda assim, já estão digitalizados, o que representa um caminho sem volta, destaca o estudo. “Na edição do ano passado, as restrições da pandemia em uma forte segunda onda, afetavam muito o varejo. Agora, não. Vemos a loja física com maior fluxo e isso leva a um impulso da compra em diversos canais”, destaca Barroso, do UOL.

Pesquisa “Dia do Consumidor 2022″, do UOL

Metodologia:
Pesquisa online pelo painel Mind
Miners / 800 respondentes
28 de janeiro a 02 de fevereiro
Idade: 18+ / Classes A, B e C / Brasil
Homens (48%) / Mulheres (52%)

*Imagem do topo: Shutterstock

Publicidade

Compartilhe

Veja também