Com provocação e colete, XP responde ao Itaú

Buscar

Comunicação

Publicidade

Com provocação e colete, XP responde ao Itaú

Corretora de investimentos anuncia que presenteará com coletes as pessoas que fizeram transferências bancárias do Itaú para sua carteira

Bárbara Sacchitiello
26 de junho de 2020 - 17h56

A disputa entre a XP e o Itaú ganhou um novo capítulo no fim desta semana. Após o lançamento de uma campanha do Itaú Personnalite, que questionava a efetividade e o trabalho das corretoras, a XP usou suas redes sociais para rebater as críticas feitas pelo banco. Antes, o próprio CEO da XP, Guilherme Benchimol, usou seu LinkedIn para responder o que considerou como ‘ataques’ na mensagem do Itaú.

Nessa quinta-feira, 26, a XP usou seu perfil no Instagram para fazer uma provocação ao Itaú. No Instagram, a corretora ofereceu uma oferta aos seus clientes: “Nós vamos presentear os clientes da XP que fizerem uma TED de qualquer valor do Itaú para cá e postarem aqui no Instagram marcando a @xpinvestimentos. A cada colete presenteado, doaremos um cobertor para proteger quem precisa através de nossas ONGs parceiras”, prometeu a empresa.

View this post on Instagram

É isso mesmo que você leu. Nós vamos presentear os clientes da XP que fizerem uma TED de qualquer valor do Itaú pra cá e POSTAREM AQUI NO INSTAGRAM MARCANDO @xpinvestimentos. A cada colete presenteado, doaremos um cobertor para proteger quem precisa através das nossas ONGs parceiras. Ação válida enquanto durarem nossos estoques de 5.000 coletes e limitada a 1 colete por perfil. Os envios serão feitos para todo o território brasileiro e, além de marcar @xpinvestimentos, você precisa ter perfil aberto e mostrar o comprovante da TED do mesmo titular no seu post com a data de 26/06. Importante ocultar os dados da transferência para evitar riscos e fica tranquilo que a gente vai te mandar inbox! Para mais informações, confira o link do regulamento na bio.

A post shared by XP Investimentos (@xpinvestimentos) on

O post da XP veio como uma resposta a uma outra postagem feita pelo Itaú Personnalité que fazia alusão ao colete, peça de vestuários que seria usada pelos corretores da XP. O banco fez um post pedindo aos usuários que marcassem os amigos que haviam acreditado no “colete” (ou seja, nas opções de investimentos da corretora) e não havia tido bons resultados. A mensagem mostrava o desenho de um colete.

A briga
Com dois filmes publicitários lançados na mídia na segunda-feira, 23, o Itaú Personnalité faz uma crítica às corretoras de investimentos ao apresentar seus serviços de consultoria. Nos comerciais, produzidos pela O2, sob direção de Fernando Meirelles, o ator Marcos Vera, com pitadas de ironia e humor, interpreta um cliente de investimentos em 2019 e neste ano. No primeiro caso, exalta o fato de ter conta em uma corretora, porque “está na moda” ter um assessor que sugere vários investimentos sem riscos e diz se sentir “o rei de Wall Street”. Mas a mesma pessoa, já olhando do ponto de vista de 2020 – e, claro, após a crise da pandemia – diz ter percebido que não havia risco “para o corretor”, que ganhava comissão por tipo de investimento. E finaliza exaltando a isenção dos profissionais do Personnalité. Assista:

Embora o Itaú não tenha citado nominalmente nenhuma corretora concorrente, a XP Inc. (da qual o Itaú, inclusive, é acionista, mas direito limitado de voto), se manifestou rapidamente. No LinkedIn, Guilherme Benchinol, CEO e fundador da XP, fez uma longa postagem, com o título “Resposta aos ataques do Itaú”, que começou desta forma: “Estamos há 20 anos lutando contra um sistema financeiro concentrado que nunca inovou e nunca se preocupou com o que realmente importa: o cliente!”, escreveu.

Além de TV, a campanha do Itaú Personnalité contempla mídia digital e OOH. Outros filmes publicitários com a mesma temática também serão lançados ao longo dos próximos dias.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Marcos Veras

  • Itaú

  • xp

  • itaú personnalité

  • Publicidade

  • investimentos

  • Bancos

  • Finanças

  • Provocação

  • Corretoras