Comércio conversacional: decisões orientadas pelo digital

Buscar

Brand Voice

APRESENTA

Comércio conversacional: decisões orientadas pelo digital

Plataforma Take Blip oferece soluções de ponta para os principais aplicativos de mensagem

Take Blip oferece uma plataforma personalizável que automatiza mensagens e gestão de atendimento nos principais canais de mensagem



1 de julho de 2021 - 18h21

Uma marca antenada orienta serviços aos hábitos do consumidor. Não é à toa que os anunciantes estão se destacando, cada vez mais, em canais de mensagem, em vez de em redes sociais: a maioria dos usuários, 92%, já enviou mensagens pelo WhatsApp, Skype ou Facebook, de acordo com o estudo TIC Domicílios, realizado com 20.536 indivíduos pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic) em 2019.

O comércio conversacional, já efervescente no Brasil, proporciona às empresas novas formas de relacionarem-se com os clientes, exigentes e em busca de experiências únicas de compra. “É uma janela de oportunidades para as marcas conectarem-se aos públicos-alvo. Quem adota esse tipo de comércio usufrui de diálogos contínuos, aumenta fidelidade de clientes e gera confiança na relação com os consumidores”, afirma Luiz Marcelo, diretor de contas gerenciadas de Take Blip, empresa mineira criada a fim de oferecer uma plataforma personalizável para anunciantes que almejam melhor relacionamento e engajamento com clientes, por meio de conversas digitais nos principais canais de mensagem.

Take Blip faz parte de um seleto grupo, em todo o mundo, de provedores de soluções para plataformas como WhatsApp Business API, Facebook Messenger, Instagram, Apple Business Chat, Microsoft Teams, Google Business Messages e Alexa, da Amazon. “Permitimos que as empresas ofereçam uma experiência de conversação a seus usuários, para alcançá-los, envolvê-los e monetizá-los, via seu canal de comunicação preferido”, explica o diretor. Qualquer empresa com alta demanda de interação com clientes ou entre equipes internas, não importa o segmento, porte ou setor, pode aproveitar as oportunidades dos canais de mensagens.

O infográfico a seguir mostra a força do comércio conversacional:

Muito além dos chatbots
Take Blip cunhou o conceito de contato inteligente. O termo refere-se a um novo ativo digital das marcas e garante presença nos canais de mensagens onde os usuários estão, entregando serviços em conversas multimídia com variadas interatividades. Com base nos dados e experiência do cliente, é possível melhorar a jornada do consumidor e evoluir o atendimento. “O contato inteligente supera as ações mecânicas dos chatbots, personalizando e humanizando a experiência para adaptá-la à jornada de compra, atendimento e engajamento dos clientes”, diz Luiz.

Confira as principais diferenças entre os chatbots e os contatos inteligentes de Take Blip:

Os contatos inteligentes ganharam ainda mais força na pandemia da Covid-19. “Ao mesmo tempo em que trouxe perdas inesperadas para as empresas, muitas encontraram na pandemia uma forma de provar a efetividade da tecnologia hoje. As transformações foram aceleradas e, com o fechamento das lojas físicas, o relacionamento dos clientes e dos negócios passou para o ambiente digital”, afirma o diretor.

Adaptação contínua para o cliente
Take Blip pratica a transformação digital, processo evolutivo contínuo em que as empresas passam a usar a tecnologia digital para solucionar problemas típicos, como produtividade, agilidade, escalabilidade e eficácia. São considerados três pontos: oferecer ganho de eficiência; tomar decisões data-driven, baseadas em análises e insights; e ajudar na construção de uma estratégia focada no cliente, até alcançar uma comunicação one to one em toda a jornada do consumidor. Esse processo ocorre com qualquer cliente de Take Blip, em diversos momentos do negócio, a fim de atender a necessidades específicas.

“O contato inteligente pode começar de forma simples, garantindo a presença nos principais canais de mensagem, apenas com um atendimento humano, e evoluir com as análises das conversas dos clientes, automatizando os principais pontos para ganhar escalabilidade e personalizar a comunicação”, detalha Luiz.

 

Luiz Marcelo, diretor de contas gerenciadas da Take Blip

Luiz Marcelo, diretor de contas gerenciadas de Take Blip (crédito: Estúdio Ventana)

Diferenciais em relação à concorrência
Com mais de 1.600 clientes e uma plataforma utilizada em mais de 170 países, Take Blip investe, continuamente, na evolução e desenvolvimento de soluções, além de buscar expansão internacional. “Escolher um provedor oficial para desenvolver e evoluir seu contato inteligente é de suma importância para evitar perder a solução e os investimentos realizados”, afirma Luiz.

As parcerias oficiais da empresa garantem que seus clientes acessem todas as funcionalidades dos serviços de mensagem, de forma rápida e segura, além de evitar, por exemplo, problemas de disponibilidade dos contatos e fraudes. “Temos um conceito único que permite velocidade, flexibilidade e escalabilidade. É possível integrar diferentes APIs, de diversos sistemas usados pelas empresas, e acelerar a evolução dos contatos inteligentes”, destaca o diretor.

O executivo também ressalta que Take Blip tem contribuído para que as marcas superem o relacionamento baseado em ticket e, assim, construam relacionamentos baseados em personalização, a partir do perfil e preferências do usuário – a essência do conceito de contato inteligente.

Itaú e Unimed Sul Capixaba: a transformação da era conversacional

Feita em parceria entre o Itaú Unibanco e a Fundação Itaú Social, a ação Leia para uma Criança distribui livros gratuitamente todos os anos. Para democratizar ainda mais o acesso à leitura, nos últimos dois anos o projeto expandiu seu alcance do mundo físico para o digital. Usando a plataforma Take Blip, o Itaú desenvolveu um contato inteligente automatizado no WhatsApp para distribuir edições especiais em PDF de livros infantis inéditos. O novo formato fortaleceu a ação, permitindo compartilhar os livros com outros contatos e ler a história para uma criança em qualquer situação. Foram mais de 6 milhões de livros baixados, mais de 1,1 milhão de usuários e cerca de 23 milhões de mensagens.

Já a Unimed Sul Capixaba, empresa de assistência médica presente em 30 cidades no sul do Espírito Santo, tem expandido seus serviços e estrutura, além de ampliar o número de beneficiários. Para realizar a transformação digital em canais de atendimento e aumentar a segurança, agilidade e qualidade, foi criado o contato inteligente Isa para o site e WhatsApp da empresa, em parceria com Take Blip. Desde 2020 são oferecidos serviços como agendamentos de consultas e exames, entrega de resultados e documentos, além de atendimento geral. “Conhecemos a Take Blip por meio de outras singulares do sistema Unimed que já utilizam a solução. Decidimos apostar na parceria com a empresa devido à simplicidade e eficiência que possuem na entrega dos seus serviços via plataforma Blip”, afirma Thiago Vazzoler Loureiro, coordenador de TI da Unimed Sul Capixaba. Nos primeiros sete meses de operação da Isa, foram mais de 12 mil usuários atendidos, com média de 160 mil mensagens mensais e NPS médios de quase 88 pontos.

Publicidade

Compartilhe