José Roberto Maluf assume Fundação Padre Anchieta

Buscar

José Roberto Maluf assume Fundação Padre Anchieta

Buscar
Publicidade

Mídia

José Roberto Maluf assume Fundação Padre Anchieta

Dono da editora Spring contará com Antonio Prado Júnior na presidência do conselho e Boni como consultor


22 de maio de 2019 - 16h08

Crédito: Mastrangelo Reino/Folhapress

O conselho executivo da Fundação Padre Anchieta escolheu o advogado José Roberto Maluf para ocupar a presidência da instituição responsável pela TV e rádios Cultura. João Doria, governador de São Paulo, indicou o executivo ao cargo, atualmente ocupado por Marcos Mendonça. A mudança chega em meio às comemorações de 50 anos da emissora pública.

Maluf ocupou posições de liderança de empresas como Grupo Bandeirantes, SBT, Gazeta e é dono da Editora Spring – que detém os direitos da Rolling Stone. Ele também já atuou em empresas do Grupo Doria, que tem operações de mídia e conteúdo e era a principal atividade empresarial do governador antes de investir na política, em 2016.

José Roberto Maluf explica que ainda é cedo para falar em mudanças na programação da emissora. Entretanto, “na presidência da Fundação, pretendo preservar a missão de incentivar e fazer acontecer a cultura, a educação e a informação. Mas, quero agregar que pretendo atender o que há no mercado, buscando mais receita e audiência – não só em publicidade, mas em licenciamento e outras plataformas de distribuição”.

Essa visão é compartilhada, também, com o governador do estado, que afirma que a TV Cultura buscará aumentar a presença de patrocinadores à sua programação.

A posse será realizada em meados de junho, junto com a entrada do novo presidente do conselho, Antonio Prado Júnior.

Boni, José Roberto Maluf, João Doria e Sérgio Sá Leitão durante coletiva de imprensa na sede do governo estadual (Crédito: Salvador Strano/Meio&Mensagem)

“Vivemos um momento de mudanças aceleradas, temos o desafio de construir a comunicação pública do século 21 utilizando todos os meios e plataformas”, afirmou Sérgio Sá Leitão, secretário estadual de cultura, durante coletiva de imprensa na sede do governo. “O Maluf é uma pessoa que tem uma visão bastante contemporânea que saberá levar a fundação nos próximos anos”, disse.

Já o conselho de consultores da empresa terá um reforço de peso. José Bonifácio de Oliveira Sobrinho presidirá o órgão que atua de forma voluntária e possui reuniões mensais para discutir os caminhos da TV pública. O Boni, como é conhecido, é um dos principais nomes da história da televisão brasileira e atualmente é proprietário da TV Vanguarda, afiliada Globo.

“Não estamos vivendo um momento difícil. Estamos vivendo um momento auspicioso, de renascimento. O que foi feito pela TV Cultura, como complemento à programação da TV comercial, foi o melhor que se poderia fazer. Agora, a história é outra. A televisão do futuro não precisa mais suprir essa necessidade da TV comercial. Precisa atuar no campo da informação, de serviços, e na utilidade pública – nesses, há um espaço enorme”, afirmou Boni.

Doria chegou a convidar Boni para ocupar o cargo de Sá Leitão na pasta da Cultura, mas a nomeação não evoluiu.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Como os brasileiros utilizam as redes sociais?

    Como os brasileiros utilizam as redes sociais?

    Levantamento da Brain investigou hábitos de consumo de redes sociais entre diversas faixas etárias; WhatsApp é o app líder entre todas as gerações

  • Paramount+ segue os demais streamings e reajusta preço no Brasil

    Paramount+ segue os demais streamings e reajusta preço no Brasil

    Após ter aumentado assinatura no mercado norte-americano, plataforma também terá novos valores no País a partir de setembro