Crise se agrava e dona do Snapchat fala em reestruturação

Buscar

Mídia

Publicidade

Crise se agrava e dona do Snapchat fala em reestruturação

Empresa demitiu mais de vinte funcionários recentemente e anuncia planos de corte de custos e reorganização


22 de janeiro de 2018 - 7h17

Um prejuízo que passou de US$ 2 bilhões no ano passado, a estagnação no número de usuários e as reclamações por parte do layout de seu novo aplicativo. A Snap, dona do Snapchat, vive um de seus momentos mais delicados. A situação levou a empresa a demitir mais de 20 funcionários nas últimas semanas em escritórios de Nova York e Londres, e iniciar um processo de reestruturação.

Em comunicado, Evan Spiegel, CEO da Snap, afirmou que os cortes estão ligados a um esforço de melhoria de produtividade. “Devemos nos tornar exponencialmente mais produtivos à medida que agregamos recursos adicionais e membros de equipe. É um claro sinal de que a empresa está cobrando mais desempenho dos funcionários ou, indiretamente, adotando uma postura do tipo ‘vamos fazer mais com menos’”, afirmou.

A partir de agora, a equipe da área de conteúdo do Snapchat ficará concentrada em Los Angeles. A pressão sobre a Snap vem aumentando já que a empresa acumula resultados negativos desde que abriu seu capital, em março do ano passado. Em agosto, durante sua úlltima atualização de números de usuários, o Snapchat divulgou aumento para 173 milhões de usuários ativos diários no segundo trimestre, o que fez as ações caírem cerca de 6% após fechamento do mercado que esperava uma alta maior.

Crise interna

A Snap também vive um momento de tensão interna, nas últimas semanas, circulou um memorando entre os funcionários alertando para o vazamento de informações. Michael O’Sullivan, advogado-chefe e conselheiro geral da Snap, ameaçou demissões, ações judiciais e até prisão para funcionários que vazarem informações confidenciais para a imprensa.

 

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • snapchat

  • digital

  • negocios

  • social media

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”