Série em libras entra na grade da TV Cultura

Buscar

Mídia

Publicidade

Série em libras entra na grade da TV Cultura

Crisálida, que estreia no Dia Nacional do Surdo, traz à tona história de jovens com deficiência auditiva

Victória Navarro
20 de setembro de 2019 - 17h49

Crisálida é a mais nova série bilíngue — em libras e em português — da TV Cultura. Dividida em quatro episódios, a ficção, que estreia na quinta-feira, 26 de setembro — Dia Nacional do Surdo —, às 19h15, conta a história de jovens surdos que enfrentam diversos obstáculos por conta de uma sociedade adaptada apenas para os ouvintes.

Segundo Enéas Carlos Pereira, gerente de conteúdo da TV Cultura, “a exibição de Crisálida vem ao encontro dos propósitos de uma emissora pública como a nossa. Privilegiamos a questão da acessibilidade e democratização do acesso de todos os públicos ao nosso conteúdo, além de incentivarmos a produção independente no Brasil”.

 

Cena de Crisálida, da TV Cultura (crédito: divulgação)

A série é dirigida pelo Serginho Melo em uma coprodução de Arapy Produções, Raça Livre e TVi Televisão e Cinema. De acordo com Alessandra da Rosa Pinho, autora e produtora de Crisálida, o objetivo principal é divulgar a língua de sinais. “Mas, ao mesmo tempo, é uma série de entretenimento. Para que as pessoas também se divirtam assistindo. Para que elas possam assistir sem pensar: ‘Ah, o surdo é coitadinho!’. O surdo é capaz”, acrescenta.

Confira o trailer de Crisálida:

*Crédito da foto no topo: divulgação

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • serginho melo

  • alessandra da rosa pinho

  • enéas carlos pereira

  • tv cultura

  • Conteúdo

  • midia

  • serie

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”