Disney finaliza reestruturação no Brasil e apresenta líderes

Buscar

Mídia

Publicidade

Disney finaliza reestruturação no Brasil e apresenta líderes

Após a aquisição da Fox, grupo consolida os heads de diversos setores para sua estrutura local


12 de fevereiro de 2020 - 16h38

(Crédito: Razvan/iStock)

Com o objetivo de melhorar o desempenho e as operações no País, a Walt Disney Company Brasil tem atravessado por uma grande reestruturação desde a aquisição da Fox, oficializada em março de 2019. A mudança já teve algumas revisões marcantes no alto escalão, como a saída do executivo Michel Piestun, ex-Fox, que deixou o cargo de general manager no Brasil em setembro. Dois meses depois, o argentino Hernán Estrada assumiu o cargo.

Dentre os nomes que atuam na operação brasileira da companhia, estão: José Franco, como head de distribuição para cinemas, responsável também pelas negociações comerciais com as salas, datas de lançamento e distribuição; e Cristiano Lima como head de estratégia de conteúdo, programação e entretenimento geral, encarregado de Fox, FX, Fox Life, Fox Premium 1 e 2 e plataformas de entretenimento para o Brasil. Vindo da Fox, Ricardo Rubini assume o cargo de head de content sales, no qual será responsável por vender conteúdos para canais de TV aberta, Fox, FX, Fox Life, Fox Premium 1 e 2 do cone sul da América Latina, Porto Rico e clientes pan-regionais.

Em outubro de 2019, a companhia anunciou Carlos Maluf como head of sports. Na função, além de gerenciar os negócios da ESPN no País, ele trabalhará ao lado de áreas como ad sales, affiliates sales, entre outras. Giselle Ghinsberg assume a liderança da área de ad sales, na qual tem a missão de trabalhar o portfólio integrado da companhia junto aos clientes. Ainda segue em aberto o cargo de head de affiliate sales, encarregado pela distribuição dos canais e pela negociação e manutenção das relações com os distribuidores e parceiros comerciais.

Responsável pela coordenação da execução local das estratégias digitais, Juliana Oliveira atuará como head de estratégia digital e operações, ao mesmo tempo em que continua participando da análise de novos negócios para Walt Disney direct-to-consumer e internacional. Claudia Neufeld assume o cargo de head de marketing de Brasil, sendo responsável por criar e executar planos para comunicação em mídias OOH e in-home. Ela trabalhará em estreita colaboração com a equipe de marketing de comercialização de produtos de consumo e parques.

Entre os líderes das áreas de serviço da operação no Brasil estão: Karina Alonso como head de recursos humanos; Péricles d’Avila como head de política pública para América Latina; Camila Di Monaco como head de publicity e comunicação corporativa para Brasil; e Giovana Marques, como head de live entertainment & special events, responsável pelos eventos ao vivo e musicais. Eduardo Navarro assume como head de security operations. Lucia Paolini, que era responsável pelos assuntos jurídicos da Fox, assume como head da área legal para Brasil do grupo. E Dalmon Zapata é o novo head financeiro. 

**Crédito da imagem no topo: Reprodução

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Michel Piestun

  • carlos maluf

  • giselle ghinsberg

  • Eduardo Navarro

  • Hernán Estrada

  • José Franco

  • Juliana Oliveira

  • Karina Alonso

  • Péricles d’Avila

  • Giovana Marques

  • Claudia Neufeld

  • Lucia Paolini

  • Dalmon Zapata

  • Disney

  • Walt Disney Company Brasil

  • Liderança

  • Brasil

  • empresa

  • Cargos

  • reestruturação

  • líderes

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”