Sem Libertadores, SporTV negociará com os clubes

Buscar

Sem Libertadores, SporTV negociará com os clubes

Buscar
Publicidade

Mídia

Sem Libertadores, SporTV negociará com os clubes

Estratégia é a mesma que a Globo usou no Brasileirão; Fox Sports não tem sinal no Brasil, mas ficou com os direitos da TV por assinatura para o País

Fill out the form below to send a message:


19 de outubro de 2011 - 8h55

O SporTV ficou sem os direitos da Copa Santander Libertadores para a TV por assinatura no próximo ano. Os direitos estão com a Fox Sports/TyC (Torneos y Competencias), pertencente à News. Corp., que negocia com as operadoras de TV paga a entrada do canal Fox Sports no mercado brasileiro.

No entanto, a Globosat, programadora do SporTV, pretende utilizar a mesma tática vitoriosa da TV Globo, que negociou os direitos para todas as mídias eletrôncias diretamente com os clubes de futebol, e não com a liga ou federações. No caso da Libertadores, a entidade que organiza o torneio é a Conmebol.

Alberto Pecegueiro, presidente da Globosat, em entrevista ao Meio & Mensagem, afirmou que estão sendo analisadas as oportunidades com os times. “Estes contratos com as federações são muito antigos e dão prejuízos aos clubes”, afirmou. Mesmo sem a Libertadores, o SporTV (que acaba de estrear seu terceiro canal) já vendeu suas cotas de publicidade do pacote de futebol 2012.

A íntegra da entrevista com Pecegueiro, que fala dos 20 anos da Globosat, estará na edição impressa do Meio & Mensagem que circula em 24 de outubro.
Na TV aberta, a Rede Globo – que escolhe o primeiro e segundo jogos da semana – já assegurou os direitos de transmissão da Libertadores até 2018.

O Fox Sports tem também assegurados os direitos da Copa Bridgestone Sul-Americana mas, segundo algumas análises, ainda lhe faltariam mais direitos locais para conseguir negociação vantajosa com as operadoras para entrada no mercado brasileiro. Outro aspecto é a presença de concorrentes já há muito estabelecidos no lineup das operadoras – além do Sportv há também os canais ESPN e ESPN Brasil, BandSports e, o mais recente deles, a TV Esporte Interativo.

No Brasil, a News. Corp está presente na TV por assinatura com uma ampla oferta de canais – sendo os principais deles o Fox, FX, Bem Simples, Studio Universal, National Geographic, entre outros. A Fox também é sócia da Globosat na Rede Telecine.
Desde 1996 havia negociações para entrada do Fox Sports no País, que assinou à época contrato com a Globosat. No início dos anos 2000, foi também agregado ao acordo a ESPN, e o canal seria o ESPN Fox Sports do Brasil que, no entanto, nunca saiu do papel. A Fox no Brasil não comenta as negociações para a vinda do Fox Sports.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • O Boticário será marca de beleza de Renascer

    O Boticário será marca de beleza de Renascer

    Companhia fará inserções ao logo de toda a trama, que está prevista para acabar em setembro

  • Google integra novos recursos de IA generativa ao PMax

    Google integra novos recursos de IA generativa ao PMax

    Big tech anunciou soluções para melhorar a geração de ativos a partir da IA, permitir a criação de imagens com indivíduos em ação e firma parceria de integração com o Canva