Google é maior empresa de mídia do mundo

Buscar

Mídia

Publicidade

Google é maior empresa de mídia do mundo

Globo entra pela primeira vez na lista da ZenithOptimedia, em 17º lugar; DirecTV é a segunda maior e News Corp, a terceira

Igor Ribeiro
13 de junho de 2013 - 1h50

A pesquisa Top Thirty Global Media Owners, realizado pela ZenithOptimedia, do grupo Publicis, revela em sua edição 2013 que o Google tornou-se o maior proprietário de mídia do mundo. Apesar de ter sido divulgada nesta semana, o resultado baseia-se em receitas globais relacionadas à publicidade em 2011, cujos dados estão mais consistentes.

Na última versão da pesquisa, realizada em 2010, a gigante de tecnologia estava na segunda posição, atrás da News Corp. A empresa de Rupert Murdoch, que anunciou recentemente as novas bases de negócio, caiu para a terceira posição, superada pela plataforma americana de TV via satélite DirecTV.

Outra novidade é o aparecimento de uma empresa brasileira, pela primeira vez, no ranking: as Organizações Globo, que figuram na 17º posição. É também a segunda empresa de mercados emergentes a aparecer no Top 30 da ZenithOptimedia – a outra é a mexicana Televisa, 18º lugar. Também estrearam na lista Facebook, Microsoft, ProSiebenSat.1 (Alemanha) e Sanoma (Finlândia).

O comunicado oficial do relatório destaca a presença da Globo como prova do crescente mercado publicitário brasileiro, que deve superar o quinto lugar britânico ainda este ano. Além dela, da empresa mexicana e de poucas empresas japonesas, a maioria dos listados têm sede nos Estados Unidos ou na Europa.

Segundo a pesquisa, a primazia do Google representa a escalada digital na receita publicitária. A gigante de buscas cresceu 39% desde a última pesquisa. Ela e os outros três impérios digitais que aparecem na lista – Yahoo (15ª posição), Microsoft (26ª) e Facebook (27ª) – movimentaram US$ 49,2 bilhões de receitas em 2011, o equivalente a 63,8% de toda movimentação financeira publicitária na internet naquele ano. Só o Google foi responsável por 49% do dinheiro publicitário digital de dois anos atrás.

O relatório reforça que o algoritmo de busca do Google ainda é sua estrela, já que foi responsável por 65% de todas as pesquisas da internet naquele ano, segundo a ComScore. “A empresa não relata separadamente entre search e digital display, mas estimamos que as buscas representem cerca de 82% de todas suas receitas globais”, diz o comunicado. Segundo a ZenithOptimedia, esse montante dá ao Google fôlego para diversificar formatos em diversas plataformas, que também se tornaram lucrativas. O relatório destaca a publicidade no YouTube, mobile e até Google+ que, apesar de ter só 17% do número de usuários do Facebook, já conta com 190 milhões de visitantes únicos por mês.

Ainda que as multinacionais digitais já sejam responsáveis por 20% de toda receita publicitária dos Top 30, empresas tradicionais ainda dominam o ranking. Dos 30 proprietários de mídia globais, 22 são companhias cujo propósito principal é atrair audiência por meio de conteúdo.  

wrapswraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”