Novo índice corporativo mede transparência nas empresas

Buscar

Últimas notícias

Publicidade

Novo índice corporativo mede transparência nas empresas

O Índice de Transparência Ativa foi desenvolvido pelo Observatório de Comunicação Institucional (OCI) e leva em consideração uma série de atributos


24 de maio de 2017 - 17h09

A crise de credibilidade de instituições, veículos e marcas é tema recorrente entre consumidores e membros do mercado. Em um contexto de busca constante por transparência, uma ferramenta inteligente que afere a transparência foi apresentada nesta quarta-feira, dia 23, durante o primeiro dia do 20º Congresso Mega Brasil, evento que acontece anualmente em São Paulo. O Índice de Transparência Ativa foi desenvolvido pelo Observatório de Comunicação Institucional (OCI) e é lançado com a proposta de mensurar o nível de transparência percebido em uma organização.

Foto: Reprodução

A ferramenta mostra com números as consequências de decisões operacionais no nível de diálogo das organizações com a sociedade. O índice se propõe a complementar as demonstrações financeiras e relatórios de administração, e a verificação é feita por um núcleo intitulado Auditoria Funcional da Comunicação. Ao todo, são avaliados 210 quesitos operacionais, que englobam a imagem de marca, o relacionamento com as comunidades do entorno, a política de patrocínios ou participação em eventos, o gerenciamento de crises de imagem pública e até procedimentos de compliance, entre outros atributos.

Os quesitos avaliados pelo auditor são processados por um aplicativo que calcula um ‘score’ total para cada instância – de zero a 100 pontos. O algoritmo faz o cálculo do status das cinco instâncias, resultando em um ‘score’ geral. Se o ‘score’ geral estiver entre 90 e 100 pontos, a organização é considerada “transparente” e certificada pelo Observatório da Comunicação Institucional (OCI). Se o valor aferido for abaixo de 90 pontos, a organização receberá um relatório para melhorias em cada uma das instâncias examinadas.

“Analisamos profundamente cinco grandes grupos de demandas comuns a toda organização, a partir de um trabalho de escuta direta de colaboradores, observação no chão-da-fábrica, nos pontos-de-venda e até junto à opinião pública – uma vez que alguns quesitos são alvo de pesquisa de opinião. Com isso, é possível uma visão ampla e transdisciplinar dos negócios em cinco instâncias: reconhecimento social, relacionamento com stakeholders, relevância no segmento de mercado, gestão de reputação e resiliência administrativa”, explicou o pesquisador Manoel Marcondes Machado Neto, cofundador do OCI, em comunicado.

Fruto de um trabalho de pesquisa e desenvolvimento de sistemas iniciado em 2013 pelo OCI, a Auditoria Funcional da Comunicação já está disponível para aplicação, e pode ser contratada por meio dos parceiros Mediterrânea Propaganda e Conceito Comunicação Integrada. O conceito, no entanto, não substitui nem se coloca acima dos parâmetros legais sobre o tema, como a Lei de Acesso à informação e regulamentações do mercado acionário e financeiro.

 

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”