Morre Francisco Gracioso, ex-presidente da ESPM

Buscar

Comunicação

Publicidade

Morre Francisco Gracioso, ex-presidente da ESPM

Gracioso teve extensa trajetória em agências de publicidade, como a McCann Erickson e presidiu a escola por 26 anos


10 de setembro de 2020 - 15h27

Francisco Gracioso faleceu na manhã desta quinta-feira, 10 (Crédito: Divulgação)

Morreu, na manhã desta quinta-feira, 10, Francisco Gracioso, ex-presidente da ESPM. Gracioso nasceu em São Paulo, em 30 de março de 1930. Começou a vida profissional na Cia Antarctica, trabalhou no setor agrícola, mas posteriormente escolheu a propaganda, após ter contato com a obra Anatomy of Advertising, de Mark Wisemann.

Formou-se na Escola de Propaganda do Museu de Arte de São Paulo (Masp). Em 1954, foi convidado pelo chefe de redação da J. Walter Thompson na época, José Kfouri, para trabalhar na agência como redator. Foi chefe de redação da McCann Erickson paulista ainda naquela década. No início da década de 1960, concluiu um mestrado em administração na Suíça. Ao retornar ao Brasil, em 1965, passou a trabalhar no atendimento da McCann Erickson e foi responsável pela conquista de contas como Nestlé e Anakol-Kolynos. Nessa época, foi membro do conselho da Escola Superior de Propaganda de São Paulo.

Em 1969, assumiu a gerência geral da McCann de São Paulo. Em 1975, fundou a agência tempo, que em 1982 foi vendida para a FCB. No mesmo ano, foi eleito presidente do conselho da ESPM. Assumiu a direção da escola em 1981 e ficou em exercício por 26 anos.

A instituição emitiu o seguinte comunicado:

“É com enorme pesar que a ESPM comunica a morte, aos 90 anos, de seu ex-presidente, Francisco Gracioso, ocorrida na manhã de hoje (10/9). Educador, grande publicitário, administrador e profissional de marketing com mais de 40 anos de experiência em cargos de liderança, dirigiu por mais de três décadas a Associação Brasileira de Alumni do IMD, tornando-se seu presidente de honra. Para a ESPM, instituição presidida por 26 anos por Francisco Gracioso, ele foi, e continuará sendo um dos maiores responsáveis pelo reconhecimento conquistado pela instituição e pelo orgulho que dela sentem alunos, professores e colaboradores. Seu legado permanece como inspiração para todos nós.”

Publicidade

Compartilhe