JCDecaux investe R$ 30 milhões no Galeão

Buscar

Mídia

Publicidade

JCDecaux investe R$ 30 milhões no Galeão

Em parceria com a RIOgaleão, empresa francesa está modernizando seus espaços publicitários para as Olimpíadas


25 de fevereiro de 2016 - 8h00

A francesa JCDecaux, que explora a mídia do Aeroporto Internacional Tom Jobim, em parceria com a RIOgaleão, administradora do aeroporto, está investindo R$ 30 milhões em modernização dos espaços publicitários.

Os aportes têm como contexto o movimento no aeroporto durante os Jogos Olímpicos de 2016. No pacote de melhorias está a instalação de 27 monitores de 98’’ entre as esteiras de restituição de bagagens e 46 monitores de 46’’ que serão agrupados no desembarque do Terminal 2.

Além disso, serão instalados no saguão principal do Terminal 2 dois megapainéis de LED, equipamentos utilizados pela JCDecaux nos principais aeroportos do mundo. O RIOgaleão será o primeiro aeroporto da América Latina a apresentar dois equipamentos desta categoria.

“Um dos principais objetivos do RIOgaleão é tornar o Aeroporto Internacional Tom Jobim um aeroporto internacional premium e oferecer aos anunciantes uma plataforma mais ampla, inovadora e criativa de publicidade, com equipamentos de mais alta tecnologia”, afirma, em comunicado, Sandro Fernandes, diretor comercial da concessionária RIOgaleão.

A JCDecaux atua em 148 aeroportos internacionais do mundo, inclusive em Singapura, onde a Changi Airports, uma das sócias da concessionária RIOgaleão, é a operadora. “Estamos realizando um dos maiores investimentos do grupo para montar uma oferta de mídia concebida sob medida para o novo RIOgaleão”, diz Wagner Coelho, diretor de aeroportos da JCDecaux.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”