Circulação das semanais cai no semestre

Buscar

Mídia

Publicidade

Circulação das semanais cai no semestre

Cinco maiores publicações do País registraram queda em comparação com os seis primeiros meses de 2015

Bárbara Sacchitiello
5 de setembro de 2016 - 10h31

Revistas-Semanais

(Crédito: Fotolia.com)

As maiores revistas semanais do Brasil sofreram uma queda em sua circulação no primeiro semestre de 2016 na comparação com os seis primeiros meses do ano passado. De acordo com dados do Instituto Verificador de Comunicação (IVC), as cinco publicações que lideram o ranking das semanais tiveram decréscimo em seus números.

Na primeira posição, a Veja teve uma queda de 6,7% em sua circulação que, na média do período, alcançou o total de 1.009 milhão de exemplares. Vice-líder, a Época teve, no primeiro semestre de 2016, uma média de circulação de 355 mil exemplares, o que representa uma queda de 7,29%.

A Caras teve uma retração de 20% na circulação do período, chegando a 182 mil exemplares. As maiores quedas, no entanto, aconteceram com Ana Maria e Contigo, cujas circulações recuaram 31% e 30%, respectivamente. Os dados do IVC englobam tanto as circulações impressa quanto a digital.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • IVC

  • queda

  • revistas

  • Circulação

  • Mídia impressa