BandNews completa 20 anos com primeira mulher na liderança

Buscar

Mídia

Publicidade

BandNews completa 20 anos com primeira mulher na liderança

Há duas décadas no ar, canal tem Rosângela Lara como diretora-executiva e aposta em parcerias e produção de conteúdo digital

Giovana Oréfice
30 de março de 2021 - 6h00

O BandNews, que se consolidou como um dos canais brasileiros a exibir notícias 24 horas por dia, com uma transmissão que segue os padrões da mídia norte-americana, completa 20 anos de transmissão neste mês. Além do aniversário, o canal também tem uma nova fase em sua liderança, com Rosângela Lara assumindo como diretora-executiva, cargo antes ocupado por Marcelo D’Angelo. As duas décadas trazem os desafios do jornalismo na era digital, além da cobertura de um dos maiores eventos do século: a pandemia. 

 

Rosângela Lara é a nova diretora-executiva do BandNews (Crédito: Divulgação/BandNews)

Concorrente direta da Globonews, canal cinco anos mais velho, e, recentemente, da CNN Brasil – que chegou ao mercado com uma oferta de figuras já conhecidas do jornalismo brasileiro -, o BandNews acredita ter criado um diferencial ao apostar na cobertura noticiosa ampla, “com todos os sotaques”, conforme indica a nova diretora-executiva. Espalhado por 34 praças do País, a variedade de informações é grande, bem como a amplitude do conteúdo exibido aos telespectadores. “Quando estamos mais voltados para a nossa diversidade, notícias e quando conseguimos desenhar o Brasil, somos melhores do que quando apostamos em uma entrevista analítica, por exemplo”, afirma Rosângela Lara. 

Nos últimos cinco anos, o BandNews vem apostando na integração com programas do Grupo Bandeirantes, como a estreia das jornalistas Carla Bigatto e Gabriela Mayer nas rádios Bandeirantes e BandNews. Além disso, o time de colunistas – composto por Mônica Bergamo, Fernando Mitre, Fernando Schuler e Antonio Lavareda – agora também conta com o jornalista Cláudio Humberto. 

A equipe  de repórteres também pode ser vista em âmbito internacional. O canal conta com dois correspondentes em Londres, um em Nova York e um na Alemanha. Lara afirma que um dos destaques da intensa cobertura da pandemia é a presença de Jamil Chade dentro da Organização Mundial da Saúde (OMS).

“Quando a pandemia foi decretada, o BandNews foi um dos primeiros a dar a notícia ao público”, relembra a diretora, que afirma que um dos grandes desafios da pandemia é a luta contra as fake news. “Insistimos na fonte, na credibilidade que o jornalismo tem e que o grupo Bandeirantes carrega no DNA para que as pessoas fiquem informadas da melhor maneira”, completa. A emissora também tem parcerias com a CCTV, da China, a russa TV Brics e a alemã Deutsche Welle.

O ponto de vista comercial

Rosângela Lara conta que a ampla cobertura nacional é vantajosa também para os anunciantes. Ela explica que o canal visa atingir mercados regionais que descentralizam a publicidade do eixo Rio-São Paulo-Brasília. A atração de novos anunciantes é feita por meio da junção do jornalismo com um conteúdo publicitário que insira as marcas dentro de realidades possíveis dos consumidores que estão diante da televisão, dentro do contexto da notícia. 

Um dos formatos que permite a participação das empresas é o “Fórum BandNews”. Exibido em horário nobre, o programa consiste em uma espécie de debate jornalístico entre autoridades e personalidades acerca de um tema. As marcas anunciantes podem aparecer com uma  figura relevante ou uma palestra, além de painéis e oferecimentos. O formato já contou com a parceria da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur) e até mesmo de players internacionais, como o jornal norte-americano The New York Times

Canal rejuvenescido e digital

A chegada de Rosângela Lara à liderança é marcada pela vontade de ousar. “Ser mulher torna o trabalho muito mais desafiador”, conta. Para ela, é necessário atender as peculiaridades do mundo contemporâneo do jornalismo, com inserção nas redes sociais, por exemplo. O BandNews já conta com interações com a audiência através de plataformas digitais, como o Facebook e o WhatsApp. Apesar disso, a diretora-executiva anunciou a criação de um núcleo específico destinado às redes sociais. “A ideia é transformar as nossas redes sociais não em um apêndice do canal, mas em algo que caminhe de maneira diferente”, diz.

Para 2021, uma das apostas para oferecer novos conteúdos e interatividade com o público é a ampliação dos estúdios do grupo Bandeirantes, no bairro do Morumbi, em São Paulo. O aniversário do canal trouxe de volta a jornalista Ana Paula Padrão como apresentadora do “Cidade Viva”, programa que discute a sustentabilidade das metrópoles. Para abril, o grupo prepara também o lançamento do “Primeira Notícia”, projeto digital fruto da parceria entre o BandNews e universidades. A novidade permite que estudantes de jornalismo publiquem suas primeiras reportagens nas plataformas do canal, com uma curadoria interna feita junto aos professores.

 

Ana Paula Padrão estreia de volta com o “Cidade Viva” (Crédito: Divulgação/BandNews)

*Crédito da imagem do topo: iStock

 

Publicidade

Compartilhe