Creators: 6 em cada 10 seguidores compram por influência

Buscar

Creators: 6 em cada 10 seguidores compram por influência

Buscar
Publicidade

Mídia

Creators: 6 em cada 10 seguidores compram por influência

Estudo “Quem te Influencia?”, realizado pela MindMiners e Youpix, que traz dados sobre a relação entre os seguidores e os creators


21 de novembro de 2023 - 16h46

Atualmente, estima-se que o Brasil tenha 10,5 milhões de influencers somente no Instagram, sem contar as outras redes sociais. E já é visível que os creators realmente exercem influência sobre seus seguidores, tanto que 6 em cada 10 seguidores já compraram produtos ou serviços recomendados por influencers e preferem este formato para descoberta de produtos.

Isso é o que mostra o estudo “Quem te Influencia?”, realizado pela MindMiners e Youpix, que traz dados inéditos sobre a relação entre consumidor e marketing de influência.

seguidores creators

Creators influenciam decisão de compra dos seguidores (Crédito: Adobe/Stock)

A pesquisa ainda aponta que o número de seguidores não é o fator principal para esses consumidores. De acordo com o levantamento, 73% dos consumidores afirmam que um influenciador é alguém que promove ideias e pode influenciar opiniões e comportamentos de seus seguidores independente da quantidade deles.

Apesar da forte presença das celebridades nas redes, as menções espontâneas não atribuem o papel de influencer a nenhuma grande celebridade brasileira, conforme enfatizou Flávia Rodrigues, Especialista em Insights da MindMiners, em nota. Rafa Lotto, sócia e Head da Youpix no Brasil, salientou ainda que são os criadores de conteúdo que estão solidificando a influência brasileira, a partir da genuína interação com suas audiências.

Interesse versus compra

Neste sentido, a conexão real é o grande motivo para os seguidores se interessarem pelos creators. Segundo o estudo, o conteúdo do dia a dia é o formato preferido de 49% dos entrevistados, seguido de dicas (44%) e caixas de perguntas em stories (37%).

Além disso, o estudo mostra que o Instagram é a rede favorita dos usuários para seguir influenciadores. Outra pesquisa do Youpix, a “ROI e Influência”, também revela a preferência do Instagram pelas marcas para trabalhos com creators.

A pesquisa “Quem te Influencia?” ainda detectou que o influenciador desperta o interesse da audiência, mas que a conversão depende também de outros fatores. Quando acontece essa conversão, a preferência recai sobre o meio digital, especialmente onde é possível comparar produtos e preços.

De acordo com o estudo, 67% dos entrevistados pesquisa melhor sobre o produto ou serviço da marca recomendada pelo influenciador antes de comprar. Por outro lado, apenas 16% dizem comprar no mesmo instante em que vê o publi post do influenciador.

O levantamento ainda mostra que ter grande visibilidade e lembrança espontânea dos seguidores não implica necessariamente em ser uma autoridade em determinado segmento. Além disso, a pesquisa aponta que diversas fórmulas prontas de publicidade (como a clássica combinação “um post + três stories) já não surtem tanto efeito, e que cada nicho requer abordagens específicas.

Nos últimos dias, a Youpix lançou outra pesquisa, mas dessa vez com a Brunch, que revelou que o número de creators que vivem dessa profissão cresceu de 2022 para 2023. Em 2022, eram 74,7% ganhando dinheiro na profissão, agora são 81,4%.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Netflix conquista 8 milhões de novos assinantes no segundo trimestre

    Netflix conquista 8 milhões de novos assinantes no segundo trimestre

    Plataforma de streaming superou as projeções, impulsionada pela opção de assinatura com anúncios publicitários

  • Record aposta em Marcia Fu para abordar Olimpíada no digital

    Record aposta em Marcia Fu para abordar Olimpíada no digital

    Canal da Fu! abordará assuntos diversos, tendo como início os Olímpicos de Paris, para aproveitar a experiência da ex-atleta