Publicis cogita compra de gigante de data marketing

Buscar

Comunicação

Publicidade

Publicis cogita compra de gigante de data marketing

Se concretizada, transação pela aquisição da Epsilon, que pode chegar a US$ 5 bilhões, seria a maior da história das holdings


1 de abril de 2019 - 18h36

Com informações do Ad Age

O Publicis Groupe confirmou nesta segunda-feira, 1, que pode adquirir a Epsilon por US$ 5 bilhões. Em comunicado, a holding disse que sente-se na obrigação de estudar qualquer possibilidade capaz de fortalecer sua posição estratégica.

Especializada em data marketing, a Epsilon é atualmente controlada pela Irving, da Alliance Data Systems e é considerada a 13ª maior agência, com receita de U$ 2,3 bilhões em 2017, de acordo com o Ad Age Datacenter. No ano passado, a operação reportou receita global de US$ 2,2 bilhões.

O negócio também atraiu a atenção da Advent International e do Goldman Sach Group, segundo informações publicadas pela Bloomberg na semana passada.

Caso concretizado, o acordo poderia ser o maior já realizado por uma holding, superando a aquisição de US$ 4,9 bilhões do Aegis Group pela Dentsu em 2013 e a compra de US$ 4,7 bilhões da Y&R pelo WPP, em 2000. Mesmo que o Publicis compre a Epsilon, porém, o ranking das agências se mantém igual: a holding francesa continuaria sendo a terceira maior, atrás de WPP e Omnicom.

A Alliance Data comprou a Epsilon por US$ 314,5 milhões em outubro de 2004 e a expandiu com mais aquisições. Os negócios da Epsilon incluem o braço de mídia digital Conversant, especializado em publicidade digital personalizada.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Publicis Groupe

  • Epsilon

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”