Marca de eletrodomésticos Continental volta ao mercado

Buscar

Marketing

Publicidade

Marca de eletrodomésticos Continental volta ao mercado

Fora das lojas desde 2011, empresa relança linhas de produtos com estratégia de comunicação desenvolvida pela agência CuboCC

Bárbara Sacchitiello
13 de janeiro de 2020 - 6h03

Uma das últimas campanhas que apresentava os produtos da marca, em 2011; opções de fogões, geladeiras e outros aparelhos voltarão às lojas (Crédito: Reprodução)

A marca de eletrodomésticos Continental estará de volta ao mercado brasileiro a partir de março. A Electrolux, empresa que adquiriu a marca em 2017, veio planejando o relançamento, que contará com 25 produtos, entre fogões, cooktops, fornos de embutir, geladeiras, micro-ondas, coifas e depuradores.

A estratégia de resgatar a marca foi apoiada na percepção da boa aceitação e carinho que o público brasileiro ainda possuía em relação à Continental, na visão de Cris Duclos, vice-presidente de marketing da Electrolux na América Latina. “A Continental está fora do mercado há nove anos e, ainda assim, sabemos que as buscas na internet por produtos da marca continuam acontecendo. As pessoas têm uma relação afetiva com as geladeiras, fogões e outros produtos Continental. Por que não manter uma marca que tem um recall tão positivo e é tão querida?”, questiona a executiva.

O retorno da Continental fará com que a Electrolux tenha uma divisão de sua estratégia de atuação na América Latina. A empresa principal – Electrolux – será trabalhada como uma marca premium, enquanto a Continental ocupará a lacuna de uma empresa mais democrática e acessível. “A Continental completa nosso portfólio para atendermos a todas as classes sociais, em todo o Brasil. Nossas pesquisas mostraram que a marca ainda é vista como sinônimo de qualidade e robustez”, explica Cris.

Os produtos da Continental estarão presentes nas principais redes de varejos e lojas de departamento do País. De acordo com Cris, alguns dos itens já estão disponíveis para serem comercializados pela internet, mas o lançamento oficial da marca no mercado acontecerá apenas em março.

Parceria com CuboCC
Definido o posicionamento da marca, a Electrolux promoveu uma concorrência para encontrar uma agência de publicidade que a auxiliasse nesse relançamento. A escolhida foi a Cubocc, que já está trabalhando na primeira campanha de Continental. “Ainda não posso antecipar os detalhes da comunicação, mas faremos algo diferente do que costuma ser realizado nas campanhas do setor. Vamos focar na vida das pessoas, fazendo uma provocação à sociedade e mostrando que a responsabilidade dentro do lar é uma tarefa de todos”, adianta a vice-presidente de marketing.

A profissional acredita que as boas lembranças que a baixa rejeição que o público tem em relação à Continental é um ponto de partida importante para construir essa nova comunicação. Com previsão de estreia em março, a primeira campanha que reapresenta a marca será veiculada em todos os meios, com ênfase nas mídias digitais.

Nos últimos anos de presença da marca no mercado, a Continental era parceria da agência Fischer, que realizou campanhas promovendo o slogan “Continental: Confiança para Você Renovar”.

História da marca
Fundada há mais de 90 anos com o nome de Empresa Continental Eletrodomésticos, a fabricante foi adquirida, em 1994, pela empresa alemã BSH, proprietária da marca Bosch. Em 2009, a companhia europeia foi comprada pela mexicana Mabe, dona das marcas Dako e GE. A partir daí, os produtos da Continental continuaram sendo fabricados por somente mais dois anos. Com o pedido de falência decretado pela Justiça em 2016, a Mabe acabou se retirando do mercado nacional. No ano seguinte, 2017, a sueca Electrolux fez uma proposta de compra da marca Continental, passando a incorporar a empresa em seu portfólio na América Latina.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Cris Duclos

  • Electrolux

  • Continental

  • mabe

  • bsh

  • marketing

  • Campanha

  • Negócios

  • mercado

  • lancamento

  • Geladeiras

  • fogões

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”